Empresa brasileira exporta caminhões e ônibus para países árabes

Fonte:
Cisiotar

Foto:
Divulgação



Os
caminhões e ônibus comercializados pela empresa carioca Cisiotar são utilizados
no mundo árabe. A companhia trabalha com vendas de ônibus e caminhões usados e
fez uma exportação de 20 a 30 caminhões para a Arábia Saudita há seis anos,
segundo o diretor comercial, Tarcisio Oliveira Filho. Além disso, vários dos
veículos que a empresa embarca para a África são revendidos para países árabes,
de acordo com o diretor.

Na
única venda direta feita pela empresa aos árabes nos últimos anos, a Cisiotar
comercializou caminhões bitrem, para transporte de combustível. Oliveira Filho
acredita, porém, que muitos dos veículos enviados atualmente para países
africanos, como Angola, chegam ao mercado árabe. Segundo o diretor, é mais
barato enviar o caminhão ou ônibus para a Angola ou África do Sul e depois dali
o veículo seguir rodando até o Oriente Médio.
Oliveira
Filho explica que no caso do mundo árabe, há necessidade de ônibus e caminhões
para utilização fora de estrada, como, por exemplo, no deserto. Para isso,
segundo ele, é bom que os veículos não sejam eletrônicos, como os mais novos.
Facilita a manutenção, já que nem sempre há quem conserte veículos eletrônicos.
A
Cisiotar foi fundada em 1958 e já exportou ônibus e caminhões para mais de 50
países, segundo Oliveira Filho. Atualmente, os maiores mercados no exterior são
América do Sul e Central. Também Angola é compradora frequente. A empresa
negocia atualmente uma venda grande para o Congo, segundo o diretor comercial.
As
exportações representam 60% do mercado da Cisiotar. Entre exportações e vendas
domésticas, a empresa comercializa entre 120 e 150 veículos ao mês. O
crescimento da comercialização internacional depende muito da cotação do dólar,
segundo Oliveira Filho. O ideal, para exportar bem, é o dólar a R$ 2,50, afirma
o diretor comercial.
A
maioria dos veículos vendidos pela Cisiotar tem entre dois e três anos de uso,
de acordo com o diretor, mas também há unidades com mais tempo de utilização,
como cinco, seis anos. Eles são adquiridos em frotas pelo Brasil e antes da
venda passam por revisão e reparos necessário. “Fazemos o motor, deixamos
zero”, explica Oliveira Filho. A empresa também comercializa ônibus e caminhões
novos, mas o seu maior negócio são os usados.
A
Cisiotar foi fundada pelo pai de Oliveira Filho, Tarcisio Oliveira, morto em
2008, e atualmente está nas mãos da segunda geração, de Oliveira Filho e seu
irmão Marcelo Santos Oliveira. A sede da companhia fica no bairro Ramos, no Rio
de Janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.