Um novo chassi que caiu no gosto dos empresários paraibanos

Fonte:
Portal Ônibus Paraibanos / Unibus RN
Matéria / Texto: JC Barboza / Fellipe Lima


Fotos: Acervo Paraíba Bus Team

Depois de Alguns anos sem fabricar um Chassi com
motorização de Seis Cilindros a altura do velho OF -1721, que teve sua produção
interrompida em 2004, eis que a Mercedes-Benz nos apresenta o seu mais novo
Chassi, o OF-1724. Na Paraíba, o chassi tem feito sucesso entre os empresários, principalmente no segmento de fretamento e turismo. Já no segmento urbano, as aquisições ainda estão bem tímidas com apenas uma empresa adquirindo o OF-1724.

No
total foram 14 veículos adquiridos com esse chassi por 8 empresas, sendo a
Cabral com a maior aquisição, 5 unidades montadas sob a carroceria Marcopolo
Torino. A Luck e a Nacional foram as que mais adquiriram entre os rodoviários.
Vamos conhecer todos.

Urbano

Cabral: 5 unidades montadas sob a carroceria Marcopolo Torino

Rodoviário


Expresso Nacional de Luxo : 2 unidades sob o modelo Comil Campione 3.25

Luck Receptivo: 2 unidades com carroceria Marcopolo Viaggio G7 1050

Paraíba Turismo: uma unidade com carroceria Marcopolo Viaggio G7 1050

Novo Horizonte Turismo: uma unidade com carroceria Marcopolo Viaggio G7 1050

Porto Seguro Turismo: uma unidade com carroceria Marcopolo Viaggio G7 1050

Pontual Transporte: uma unidade com carroceria Marcopolo Viaggio G7 1050

Transpassos: uma unidade com carroceria Mascarello Roma MD

Características
Técnicas
Motor:
O motor que equipa o Chassi é o OM-926 LA, de 7.2 Litros, eletrônico,
Turbocooler, com unidades injetoras em cada cilindro, sistema de injeção com
gerenciamento eletrônico, totalmente adequado à norma Proconve P7 / Euro V, com
potência de 238 Cavalos a 2200 RPM. O Torque Máximo é de 86,7mkgf de 1200 a
1600 RPM. A Caixa de mudanças é a conhecida MB G 85-6, feita em alumínio com 06
marchas sincronizadas, de relação alongada, chegando a velocidade máxima de 113
km/h.
Suspensão, eixo e chassi: A suspensão dianteira do OF-1724 é composta por
feixe de molas semielípticas, de amortecedores telescópicos de dupla ação e
barra estabilizadora. Já a suspensão traseira também é de molas semielípticas,
amortecedores telescópicos de dupla ação e barra estabilizadora. 

Durante a Transpúblico 2013, a Mercedes-Benz apresentou o modelo OF-1724L/59 com suspensões totalmente pneumáticas.

A
suspensão pneumática do chassi OF-1724L é formada por bolsões de ar (dois na
dianteira, quatro na traseira) e batentes auxiliares, válvulas niveladoras de
altura (uma na dianteira e duas na traseira), amortecedores telescópicos de
dupla ação e barras estabilizadoras. Ainda de acordo com a montadora, a
facilidade e a rapidez de manutenção das suspensões pneumáticas reduzem custos
operacionais.
 
Já o eixo dianteiro é do tipo punho, modelo MB VL 3
/ 8 D-6,5, enquanto o eixo traseiro usa o modelo MB HL 4 / 060 D-10, tendo em
sua carcaça central tubos com redução i=5,857 (41:7).
 
O quadro do chassi é do tipo escada, rebitado e o
material empregado é o aço LNE 38.
 
Direção e sistema elétrico: A direção usada no OF-1724 é fabricada pela marca
alemã ZF. É Hidráulica, no modelo 8097, com redução máxima de i(Máx)=20,6:1.
 
O sistema elétrico tem tensão nominal de 24 Volts,
alternador de 80 amperes e bateria com capacidade de 170 Ah/ 2 x12 V.
 
Freios:
O sistema de freios é composto por um sistema de tambor nas rodas dianteiras e
traseiras a ar comprimido de dois circuitos com área de frenagem total de 5.437
cm², incluindo o regulador automático de freio.
 
Já os freios de estacionamento contem câmara de
mola acumuladora, acionada pneumaticamente, com atuação nas rodas traseiras e o
Freio–Motor do tipo borboleta no coletor de escapamento (convencional),
acionamento eletropneumático no assoalho.
 
Além disso, o OF-1724 usa o conhecido sistema “Top
Brake” onde a válvula fica localizada no cabeçote, com acionamento
eletropneumático, com válvula no assoalho conjugada com o freio motor
convencional.
Volumes de abastecimento:
 
Tanque de Combustível: 300 Litros
 
Óleo no Cárter – Min/Max: Entre 23 e 28 Litros
 
Caixa de Mudanças: 09 Litros
 
Caixa do Diferencial – (Eixo Traseiro): 10 Litros
 
Direção Hidráulica: 3,5 Litros
 
Sistema de Arrefecimento: 37 Litros
 
Tanque de Arla 32: 35 Litros
 
Desempenho:
 
Caixa de Mudanças: MB G 85-6
 
Eixo Traseiro: MB HL4/060 D-10
 
Redução i=5,857 (41:7)
 
Pneus 275/80 R 22,5
 
Velocidade Máxima (km/h): 113
Capacidade Máxima de Subida com 17.000 kg (%)
(Veículo em Movimento): 40

1 comentário em “Um novo chassi que caiu no gosto dos empresários paraibanos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.