A pintura padronizada dos ônibus de Campina Grande‏

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Texto: Josivandro Avelar
Fotos: Divulgação

Nos últimos dois dias, apresentamos matérias sobre as mudanças em curso no sistema de transporte coletivo de Campina Grande. Mostramos que começou a adesivagem dos consórcios, que os prefixos dos ônibus serão alterados, e também mostramos o site da Central Integrada de Operação e Monitoramento de Transportes, o CIOM. Todo o processo dava a entender que além de tudo isso, o sistema campinense teria uma pintura padronizada. Vai ter mesmo. E é o que você vai ver agora.

Antes disso: efetivação da licitação de fato

O primeiro passo após a assinatura dos contratos da licitação pelos dois consórcios vencedores é o cancelamento das permissões das empresas, e a emissão das ordens de serviço para as 4 empresas vencedoras. Com isso, as empresas Cabral e Nacional, reunidas no Consórcio Santa Maria, e Transnacional e Cruzeiro, reunidas no Consórcio Santa Verônica, irão operar no sistema de transporte coletivo de Campina Grande. Desde já estão fora do sistema as empresas Borborema, São José (Idalino Transportes) e Campina Grande Transportes. As rotas operadas pelas empresas que saem do sistema serão assumidas pelas empresas de acordo com as áreas das quais ficaram responsáveis.

Sinalizando a mudança: adesivos da prefeitura e do consórcio

O segundo passo, este já praticamente concluído, diz respeito a efetivação da operação dos consórcios. Com a inexistência de empresas individualizadas, a responsabilidade das linhas passa a ser efetivamente dos consórcios, que passam a ter personalidade jurídica para o trato com a Prefeitura e a STTP.

Enquanto a frota não é padronizada, os veículos rodarão com uma identificação provisória, com o brasão da Prefeitura Municipal de Campina Grande e a marca do consórcio ao qual cada empresa faz parte.

A mudança de fato: a identidade visual

A identidade visual do sistema de transporte coletivo de Campina Grande terá 4 padrões, representando as três áreas nas quais a cidade foi dividida para a operação do sistema, além de um quarto padrão representando as interáreas.

Área Norte

Será operada pelo Consórcio Santa Maria e terá a frota identificada pela cor amarela. Representa parte das frotas atuais da Cabral e Nacional de Luxo.

Área Sul

Será a única área de atuação do Consórcio Santa Verônica. Cruzeiro e Transnacional terão todos os seus carros identificados com a cor vermelha.

Área Oeste

Será operada pelo Consórcio Santa Maria, representando outra parte das frotas da Cabral e Nacional. Os ônibus serão identificados pela cor verde.

Interárea

As seis linhas classificadas como Inter-Área são operadas pelas empresas Cabral (092 e 922) e Nacional (245A, 245B, 263A e 263B). Com isso, as interáreas serão operadas pelo Consórcio Santa Maria.

Os ônibus que operam essas linhas serão identificados pela cor azul. Representando o conceito de interáreas, os veículos trarão as cores das 3 áreas acima descritas como detalhe da pintura.

A identidade visual traz os logotipos dos consórcios e o brasão da Prefeitura Municipal de Campina Grande, além dos prefixos na nova organização definida pela portaria 053/2015.

Com isso, Campina Grande torna-se a primeira cidade da Paraíba a ter sua frota padronizada – cabe lembrar que em João Pessoa, apesar de haver dois consórcios no sistema, não há padronização de frota.

Impactos da nova identidade

À primeira vista, percebe-se que o novo visual do sistema campinense é inspirado na pintura padronizada das ex-cooperativas da cidade de São Paulo. No sistema paulistano, as cores representam as oito áreas da cidade. Com o processo de licitação em curso na capital paulista, essa identidade será alterada.

Alguns elementos da identidade de cada empresa deixarão de ser vistos em Campina Grande nos próximos dias, como as pinturas da Cruzeiro e da Cabral. A pintura da Nacional de Luxo será vista somente nos ônibus rodoviários. A Transnacional, que já não ostentava seu nome em João Pessoa quando passou a se comunicar como Unitrans, agora vê suas três listras desaparecerem também na matriz, bem como o próprio nome. Elas ainda podem ser vistas em Natal, na identidade da Santa Maria, e em João Pessoa, onde parte da frota – até mesmo Torinos de 2014 – ainda ostentam as listras.

Agora o campinense irá identificar o ônibus pela área onde irá passar. Será uma questão de tempo a adaptação à nova identidade visual, sendo esse o elemento mais visível das mudanças que estão sendo realizadas no sistema campinense.

O Portal Ônibus Paraibanos segue acompanhando as novidades que vêm de Campina Grande. Continue nos acompanhando para ficar por dentro de tudo o que acontece nesse processo de mudanças em curso no transporte coletivo da Rainha da Borborema.

10 comentários em “A pintura padronizada dos ônibus de Campina Grande‏”

  1. Não mais veremos as pinturas que identificavam as empresas de ônibus de campina grande tanto as vencedoras do consórcio quanto as que deixaram de operar em nossa cidade. Um detalhe, na matéria poderiam ter lembrado mais das empresas que deixaram de operam em Campina, Idalino e Borborema que operam durante décadas, acredito que ainda veremos a pintura da Idalino em alguns de seus ônibus que operam nas linhas Pocinhos e Alvinho. Já a pintura da Borborema talvez deixaremos de ver para sempre.

  2. Não mais veremos as pinturas que identificavam as empresas de ônibus de campina grande tanto as vencedoras do consórcio quanto as que deixaram de operar em nossa cidade. Um detalhe, na matéria poderiam ter lembrado mais das empresas que deixaram de operam em Campina, Idalino e Borborema que operam durante décadas, acredito que ainda veremos a pintura da Idalino em alguns de seus ônibus que operam nas linhas Pocinhos e Alvinho. Já a pintura da Borborema talvez deixaremos de ver para sempre.

  3. Infelizmente a padronização chegou a Paraíba. Infelizmente os ônibus deixarão de exibir suas belas pinturas para fazer propaganda da prefeitura. Um absurdo. Sinceramente, não enxergo melhorias no transporte da cidade.

  4. Infelizmente a padronização chegou a Paraíba. Infelizmente os ônibus deixarão de exibir suas belas pinturas para fazer propaganda da prefeitura. Um absurdo. Sinceramente, não enxergo melhorias no transporte da cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.