Niterói testa ônibus 100% elétrico nas linhas municipais

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Rodrigo Gomes


A prefeitura de Niterói, através da Secretaria de Urbanismo e Mobilidade/Clima e dos consórcios Transnit e Transoceânico, pensando em um transporte com menos emissões de poluentes, começou a testar hoje, através da Auto Lotação Ingá, um veículo movido a energia elétrica.

Com o chassi chinês da marca BYD, modelo D9W, encarroçado com carroceria Caio Millennium BRT(veículo original da Transwolff de São Paulo número 6 6511), o veículo irá operar um mês pela Ingá (líder do consórcio Transnit) e pela Viação Pendotiba (líder do Transoceânico).

Será operado em várias linhas com a intenção de conferir o desempenho tanto de força quanto da carga de suas baterias.

A primeira linha onde o ônibus operou foi uma das mais tradicionais da cidade, a 49-2, que faz um grande circular entre os bairros do Fonseca, Icaraí e Centro.

Especificações – O veículo em testes possui autonomia para 250 quilômetros, com até 4 horas para recarga das baterias, possui ar-condicionado, carregadores de celular e tem o piso baixo, com acesso mais fácil para os passageiros. A capacidade é de 80 passageiros, sendo 26 sentados e 54 em pé. Veículos do tipo do modelo testado têm vida útil de 16 anos, com uma troca de baterias prevista para quando chegar aos 8 anos de uso.

O ônibus chegou a Niterói na madrugada da última quinta-feira (16), vindo da fábrica São Paulo. Na sexta e no sábado, 20 motoristas foram treinados por técnicos do fabricante. Foram selecionados 12 deles. Seis vão se revezar na condução dos ônibus nos próximos 30 dias e seis poderão entrar na escala para substituir os colegas. O coletivo vai circular nas linhas 49, 61 e 62 nos primeiros 30 dias. Daqui a um mês, o ônibus passará a ser testado nas linhas Oceânica 1, 46, 48 e 33.

A subsecretária de Mobilidade, Ivanice Schutz, explicou que um pesquisador acompanhará as viagens de testes para ouvir a opinião dos usuários sobre o veículo, como facilidade de acesso e conforto. Também será realizada uma pesquisa de satisfação pela plataforma Colab. Ela disse ainda que o fabricante também está cedendo veículos para testes em Volta Redonda, Salvador e Ribeirão Preto e que São Paulo já tem uma frota de 18 ônibus elétricos a bateria em circulação.

Para o usuário, o preço da passagem terá o mesmo valor modal cobrado pela passagem, R$ 4,05. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss DD da Viação Cometa O Ônibus Paraibanos agora é Ônibus & Transporte As novidades da Empresa Líder Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio