Balanço parcial da Operação Centauro de combate ao transporte clandestino da ANTT tem 60 veículos apreendidos

O balanço parcial mostra que 938 veículos já foram fiscalizados e 60 foram apreendidos.

Por ANTT
Imagens / Vídeo Equipe de fiscalização da ANTT

Na Operação Centauro da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para combater o transporte não autorizado de passageiros no país, o balanço parcial mostra que 938 veículos já foram fiscalizados e 60 foram apreendidos.

A fiscalização da ANTT teve início na sexta-feira (08) e já fez o transbordo de 846 passageiros que estavam nos veículos irregulares e foram realocados em empresas legalizadas. De acordo com a legislação, as despesas dos bilhetes ficam a encargo dos infratores.

A operação vai até o dia 16/10 e conta com o apoio da Policia Rodoviária Federal (PRF), polícias militares estaduais e outros órgãos da administração pública, com a Receita Federal e os Departamentos Estaduais de Estradas e Rodagens (DER).

A ANTT procura, principalmente, evitar que o clandestino circule, trazendo grandes riscos para a população. No Brasil, a fiscalização ocorre em 27 pontos estratégicos, nas principais rotas do transporte clandestino no pais.

A ANTT alerta à população dos riscos em um transporte não autorizado, justamente pela precariedade dos veículos, que não oferecem segurança, com motoristas despreparados e cansados, e ainda, pelo aumento do risco de contágio da COVID-19.

A escolha da data da Operação Centauro é em decorrência do acréscimo de fluxo de transporte irregular no período, em função do feriado prolongado de quatro dias, dia de Nossa Senhora Aparecida, concomitante com o dia das crianças, dia 12 de outubro.

Para informações sobre a legalidade da viagem ou denúncias de transporte clandestino, a Agência informa os canais da Ouvidoria:

Whatsapp (61) 99688-4306, telefone 166 ou pelo e-mail: [email protected]

, ,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter