ANTT divulga balanço parcial da Operação Centauro de combate ao transporte clandestino

Os fiscais da ANTT já apreenderam 111 veículos desde sexta-feira (08), data de início da Operação Centauro, e 1.682 já foram fiscalizados.

Por ANTT
Imagens Equipe de fiscalização da ANTT

O balanço parcial da Operação Centauro de combate ao transporte clandestino no Brasil, em 27 pontos mapeados de rotas de transporte clandestino foi divulgado há pouco. Os fiscais da ANTT já apreenderam 111 veículos desde sexta-feira (08), data de início da Operação Centauro, e 1.682 já foram fiscalizados. Os valores de autuações (multas) chegam a mais de três milhões de reais.

De acordo com a legislação, os passageiros que estão nos veículos flagrados irregulares (2.604 desde sexta-feira) são realocados em empresas regulares e as despesas dos bilhetes ficam a encargo dos infratores.

A operação vai até o dia 16/10 e conta com o apoio da Policia Rodoviária Federal (PRF), polícias militares estaduais e outros órgãos da administração pública, como a Receita Federal e os Departamentos Estaduais de Estradas e Rodagens (DER).

A ANTT procura, principalmente, evitar que o clandestino circule, trazendo grandes riscos para a população.

A Agência alerta à população dos riscos em um transporte não autorizado, justamente pela precariedade dos veículos, que não oferecem segurança, com motoristas despreparados e cansados, e ainda, pelo aumento do risco de contágio da COVID-19.

A escolha da data da Operação Centauro é em decorrência do acréscimo de fluxo de transporte irregular no período, em função do feriado prolongado de quatro dias, dia de Nossa Senhora Aparecida, concomitante com o dia das crianças, dia 12 de outubro.

Para informações sobre a legalidade da viagem ou denúncias de transporte clandestino, a Agência informa os canais da Ouvidoria:

Whatsapp (61) 99688-4306, telefone 166 ou pelo e-mail: [email protected]

, ,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter