Prefeitura de Vitória da Conquista renova com empresa Atlântico Transportes e contrato passa de R$ 13 milhões para quase R$ 21 milhões

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista renovou o contrato com a empresa Atlântico Transportes LTDA por aproximadamente  R$21 milhões com vigência de 180 dias. A renovação foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (22).

De acordo com o Diário Oficial, o valor investido será de R$20.992.320,00 (vinte milhões novecentos e noventa e dois mil e trezentos e vinte reais) pelo prazo de seis meses. O contrato foi assinado no dia 27 de outubro de 2021 e terá vigência até o mês de abril de 2022. 

A Atlântico Transportes LTDA foi contratada pelo Governo Municipal, em outubro de 2020, para operar o Lote 2 do transporte coletivo da cidade em caráter emergencial, no valor de R$14,4 milhões. No final de abril, deste ano, o contrato foi renovado por mais 180 dias pelo valor de R$13 milhões e venceu no mês de outubro. 

Agora, na segunda renovação do contrato, a Prefeitura irá pagar quase R$ 8 milhões a mais, ao comparar com o contrato anterior. O reajuste é de R$7.992.360 (sete milhões novecentos e noventa e dois mil e trezentos e sessenta reais), o que equivale a um aumento de 61,5%.  Por mês, a Prefeitura pagará pelo serviço da Atlântico na cidade R$3.498.7266,67. Os recursos são do Tesouro Municipal.

Ainda de acordo com o Diário Oficial, os recursos são destinados para a prestação de serviço com veículo tipo ônibus, com motorista, cobrador e combustível, para atendimento das linhas do transporte  coletivo urbano municipal. Segundo a apuração do Blog do Sena, atualmente, a empresa Atlântico opera na cidade com uma média de 70 veículos. Anteriormente, eram 54 ônibus.

A ampliação da frota de veículos do sistema de transporte coletivo em Vitória da Conquista foi realizada em agosto pela Prefeitura. Hoje, duas empresas, Atlântico Transportes e Viação Rosa, operam na cidade com uma média de 122 veículos. No mês de agosto, com a volta das aulas presenciais, o número de veículos foi ampliado para garantir a segurança da população. As duas empresas prestão serviço ao município por meio de contrato emergencial, ou seja, sem o processo de licitação.

Além disso, em setembro, a prefeita Sheila Lemos (DEM), decretou a redução do preço da passagem de ônibus coletivo urbano na cidade. A medida, que determina o preço do bilhete entre R$ 2 e R$ 2,50. Anteriormente, a tarifa era R$3,80

Fonte: Blog do Sena

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.