AGEMS apreende ônibus irregulares da Buser e Beebus durante fiscalização em Campo Grande, MS

Os fiscais da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (AGEMS), aplicaram autos de infração e apreenderam ônibus irregulares a serviço das empresas Buser e da Beebus, na manhã desta terça-feira (14), em operação de fiscalização na BR 262, em Campo Grande.

O diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis, destaca a excelência do trabalho da fiscalização em apreensões como desse porte. “Precisamos tirar de circulação empresas que não dão o suporte necessário para os cidadãos que utilizam do transporte intermunicipal, é a segurança deles que estão em jogo”, pontua Assis. 

“O transporte de passageiros é um serviço público, feito sob supervisão do Estado, regulado e fiscalizado. A prática do serviço por transportador sem autorização é considerada clandestina, passível de multa e apreensão do veículo”, lembra o diretor de Transportes Matias Gonsales Soares. 

De acordo com o chefe da fiscalização, Hélio Leite da Silva, os ônibus de ambas as empresas foram apreendidos e a empresa Superviagem também a serviço da Buser foi autuada.

“Nós autuamos essas empresas e no caso da Superviagem, aplicamos a infração por motivos de cobrança de valores indevidos, por ausência de documento obrigatório em duas vans, e por não estar portando o voucher que comprova um modal diferente. No total, foram seis autos de infração e duas apreensões”, explica Silva.

As fiscalizações da AGEMS são completas e os fiscais conferem toda a documentação durante as operações contínuas nas estradas e nos perímetros urbanos. O descumprimento das regras e o flagrante de infração resultam em multa, retenção e até mesmo apreensão do veículo clandestino.

Fonte: Agepan