Itapemirim tem ‘Dia D’ nesta quinta para reverter rescisão contratual com a Prefeitura de São José dos Campos

Prefeitura manteve o processo de rescisão do contrato com a Itapemirim e promete novo edital até o final de janeiro

O Grupo Itapemirim tem até esta quinta-feira (27) para reverter o processo de rescisão contratual com a Prefeitura de São José dos Campos após vencer os dois lotes operacionais do novo sistema de transporte público da cidade.

A data é limite para a entrega da defesa da empresa após a prefeitura ter rejeitado a documentação sobre a compra de 500 ônibus feitos na China.

Na semana passada, a Itapemirim encaminhou documentação de intenção de compra de 500 ônibus de um fabricante na China, por meio de um representante no Brasil.

A prefeitura não aceitou a documentação e notificou a empresa da continuidade do processo de rescisão.

Agora, a empresa tenta convencer o governo Felicio Ramuth (PSD) que tem condições de assumir o novo sistema a partir de 15 de maio.

“A Itapemirim vai continuar trabalhando para poder suprir todas as informações que a prefeitura precisa para dar sequência aos dois contratos que tem para prestação de serviço dos ônibus urbanos”, disse Jean Carlos Pejo, porta-voz da Itapemirim e diretor do conselho de administração da empresa.

Até o momento, segundo ele, a prefeitura tem atuado dentro das regras previstas na lei de licitações, o que não deve levar a Itapemirim a contestar a decisão na justiça.

“O processo tem seguido dentro do ambiente administrativo a tudo aquilo que está previsto na lei. As coisas seguindo esse mesmo rumo, ou seja, aquilo que está sendo desenvolvido pela prefeitura dentro do que determina a lei de licitações, pessoalmente não vejo razões para medidas judiciais. Mas essa decisão passa pelo acionista da empresa”, afirmou Pejo.

SISTEMA

Após o processo de rescisão do contrato com a empresa, a prefeitura vai relançar o edital do transporte público com mudanças. A promessa de mais inovação é do prefeito Felicio Ramuth.

“Seremos modelo e estamos aproveitando a situação para apresentar um desenho ainda melhor para sair na frente, e a cidade ser modelo de transporte público”, disse o mandatário.

Felicio disse que os problemas com a Itapemirim serão superados com a rescisão do contrato e que o município fará “do limão uma limonada” com o novo sistema.

“Não vamos desistir de mudar a dinâmica do transporte público na cidade, e com isso no Brasil também.”

Segundo Felicio, o “mercado fugiu” do edital apresentado pela prefeitura no ano passado, que só recebeu propostas da Itapemirim.

Desta vez, o prefeito disse que vai enfrentar o mercado de novo para “oferecer ao cidadão de São José o transporte público que ele merece”. Ou seja, a quebra de braço com as empresas deve continuar.

“As primeiras etapas do edital tinham esse objetivo e o mercado fugiu do nosso modelo de edital, porque não quer mudança. Vamos insistir em mudanças. Vem novidade por aí com único objetivo de prestar o melhor serviço para a cidade de São José”, disse Felicio.

Fonte: Ovale
Imagens: Diego Félix – Montagem: Renato Passos

,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter