ANTT realiza a primeira semana da “Operação Hércules” de fiscalização

Nesta última semana, entre os dias 04 e 08 de abril, a ANTT realizou as primeiras atividades da denominada “Operação Hércules”, buscando ampliar a atuação da Agência atacando o transporte irregular de passageiros e cargas em rotas tradicionalmente secundárias, quando considerado o volume de transporte.

As atividades para o mês de abril ocorreram no Piauí e também já iniciadas no Espírito Santo. Até então, foram realizadas 199 fiscalizações, sendo que 125 foram referentes a fiscalizações de passageiros e 74 abordagens a veículos de cargas. Nestas abordagens foram fiscalizados 63 RNTRCs, 17 Pagamento Eletrônico de Frete, 19 Piso Mínimos de Frete, 3 fiscalizações de Produtos Perigosos e 1 Transporte Rodoviário Internacional de Cargas. Até o presente momento, foram lavrados 42 autos de infração, destes 26 são em veículos transportando passageiros e 16 referentes a fiscalização de cargas. Houve 3 apreensões de veículos e 2 transbordos.

Ainda estão previstas mais atividades de fiscalização no estado do Espírito Santo e, para a execução das operações, foram selecionados pontos de relevância tanto na movimentação de cargas e passageiros quanto do ponto de vista da abrangência e da visibilidade institucional.

As atividades se estenderão para todos os estados que não são tradicionalmente foco de atuação das grandes operações nacionais. Para o ano de 2022, a meta é alcançar 16 estados.

A Superintendência de Fiscalização vai atuar, prioritariamente no transporte rodoviário interestadual clandestino de passageiros, e também nas viagens regulares em linhas e fretamentos eventuais, além do transporte rodoviário de cargas. As demais modalidades de fiscalização da ANTT também poderão ser alvo de atuação conforme as particularidades de cada ponto de operação.

Fonte: ANTT