100 anos de ônibus Scania – linha do tempo (1977-1988)

Fonte: Blog Scania
Fotos: Acervo Paraíba Bus Team

No post passado, você conferiu como começou a história dos
ônibus Scania no Brasil. Em 1959, o L75 tornou-se o primeiro ônibus a ser
fabricado pela marca aqui em terras brasileiras. Três anos mais tarde, foi
lançado o B76, o primeiro no Brasil a ter direção hidráulica e freios
pneumáticos. Até que, em 1968, veio o B110 o mais potente do Brasil naquela
época e bastante confortável para o passageiro por conta da suspensão
pneumática. Quatro anos mais tarde, surgiu o BR115, o primeiro no país a ter
motor traseiro. Agora, vamos viajar pelo finalzinho da década de 70 e por toda
a década de 80. Confira:

1977. A Scania lança no Brasil o primeiro articulado urbano, o B111
RS. Comportava carrocerias com até 18 metros de comprimento e tinha capacidade
para transportar até 180 passageiros. Tinha motor turboalimentado, com 296
cavalos de potência, câmbio de cinco velocidades e suspensão pneumática nos
eixos traseiros. Goiânia foi a primeira capital brasileira a utilizar esse
chassi, com o qual também houve experiências de montagem de carrocerias
rodoviárias.

1983. Lançamento da Série 2 no Brasil, composta primeiramente pelas
linhas S e K, destinadas a substituir os modelos B e BR. O chassi K112 e o S112
se distinguiam dos anteriores em termos de quadro, suspensão, diferencial,
sistema direcional, freios e pelo motor de 11 litros com intercooler. O
primeiro chassi rodoviário com terceiro eixo original de fábrica também foi
produzido pela Scania. Era o modelo K112 T, destinado às carrocerias do tipo high deck.

1988. Apresentação do primeiro ônibus urbano brasileiro com dois
andares. Era montado sobre o chassi K112, com direção hidráulica, freio e
estacionamento pneumáticos e motor de 203 cavalos. Com encarroçamento Thamco, o
veículo foi operado pela extinta CMTC de São Paulo, que pretendia imitar os double deckers londrinos.

1988. Também em 1988, foi apresentado o F112 HL, voltado a
operações urbanas ou do tipo fora de estrada. Tinha o quadro alto e a suspensão
reforçada. O motor era dianteiro e oferecia as potências de 203 e 305 cavalos.
Era o “jungle
bus
“, ou o “ônibus da
selva”.

1 comentário em “100 anos de ônibus Scania – linha do tempo (1977-1988)”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss DD da Viação Cometa O Ônibus Paraibanos agora é Ônibus & Transporte As novidades da Empresa Líder Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio