Conhecendo as linhas: 103: Do Distrito / Toália a Gramame / Engenho Velho

Fonte:
Portal Ônibus Paraibanos

Matéria
/ Texto: Kristofer Oliveira / Josivandro Avelar

Fotos:
Acervo Paraíba Bus Team

A
linha surgiu nos anos 80 sendo co-irmã da 115, na qual reforçaria a emergente
demanda do Distrito Industrial, chegou a ser extinta e retornou sob novo
formato. Vamos conhecer um pouco a história dessa linha.



Surgimento
na Etur

Nos anos 80 a linha do Distrito era uma das principais do corredor 1, da cidade
e da própria Etur. Uma nova linha no Distrito surgiu para atender os
trabalhadores do outro lado do local, justamente o que fica do lado da BR 101
vizinho ao Costa e Silva. Também, em alguns instantes, chegou a reforçar o lado
da 115, passando pela quadra em frente ao Senai e por trás da Coca-Cola.

A diferenciação dessa nova linha do Distrito era uma placa indicando “Toália”.
Em 1986 ganha o prefixo 103. Posteriormente, a 103 fica identificado no
letreiro como Toália, enquanto que a 115 fica como Antárctica, fazendo
referência, respectivamente, a principal indústria que transita.

A frota da 103 em 1991 é composta por seis veículos, na qual é composta
principalmente por Vitória OF. Em 1992 passa por uma renovação com um novo lote
de Vitória que chegou, sendo O-364 e/ou OH-1315. Se a Etur estava em declínio
nos anos 90, a 103 estava em plena ascensão.


Em 1994 a 103 passa a ser operada pela Boa Viagem, com a extinção da Etur.

Tempos na Boa Viagem – Declínio, extinção e retorno


Na Boa Viagem a frota foi praticamente mantida, mas aos poucos com o passar dos
anos a quantidade de veículos foi reduzida. Com isso a linha foi perdendo sua
força. Os ônibus que recebia eram provenientes de outras linhas.

Entre
2000 a 2001 a linha passou a ser operada também com Senior 2000. Eram três a
quantidade de carros efetivos na linha. Antes de ser extinta em 2006, os veículos
maiores passaram a rodar na 103, especialmente os GLS’s ex RJ que vieram de
empresas do grupo que era a nova detentora da Boa Viagem.

A operação da linha foi encerrada em 2006 pela baixa demanda, especialmente
pelo crescimento do serviço de fretamento de trabalhadores. Os horários já
estavam reduzidos e só estava sendo uma opção para quem queria ir a Cruz das
Armas em ônibus vazio, similar ao que ocorre com a 517 no corredor 5. A pequena
demanda foi absorvida pela linha 116.

Em 2008 a linha 103 retorna com um novo formato, após o Colinas do Sul passar
por uma restruturação no seu quadro de linhas. As linhas 116 e 113 já não
estavam mais atendendo a crescente demanda do referido bairro, que a cada dia
crescia. Com a liberação do residencial Gervásio Maia, o transporte no local
ficou bastante complicado. Somado a quantidade insuficiente da frota, atrasos
constantes, era comum os ônibus da operadora quebrarem e deixarem os
passageiros a ver navios, uma vez que na época era a pior empresa pessoense em operação,
e sequer tinha ônibus reserva para substituir os quebrados.

Dentro da reestruturação, a linha 501 é criada, a 116 é repaginada e a 103
ressuscitada, sendo oficializada como Gramame / Engenho Velho. A frota era
composta com três veículos, com Viale OF-1417 ex Ocidental/RJ que tinha sido
remanejado da frota interurbana para atender o aumento de carros na área.

Da
Boa Viagem a Santa Maria


No fim de 2009 a Boa Viagem é assumida pelo Grupo A Cândido, mas em janeiro é
que a nova administração ficou mais evidente. A frota da 103 antes
problemática, assim como de toda empresa, foi otimizada. Na segunda metade de
2010 a empresa tem o nome alterado para Santa Maria, sendo esta oficialmente a
terceira empresa a operar a 103. Atualmente a frota da linha ainda é composta
por três veículos, sendo o Torino 2007 os que mais circulam na linha,
especialmente os 06039 e 06040. Porém, nas últimas semanas, os Vips II 06050 e
06051 vem aparecendo constantemente na linha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss DD da Viação Cometa O Ônibus Paraibanos agora é Ônibus & Transporte As novidades da Empresa Líder Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio