Ônibus queimado não leva a lugar nenhum

Fonte: Transpo online
Foto: Divulgação

Em uma iniciativa contra a
depredação e os recorrentes incêndios a ônibus, normalmente ocorridos em forma
de protesto, a JCDecaux do Brasil, que lidera a concessionária A Hora de São
Paulo, responsável pela instalação e manutenção dos relógios de rua da capital
paulista, está apoiando a campanha “Ônibus queimado não leva a lugar nenhum”
com a instalação da campanha publicitária em 300 faces dos relógios instalados
em toda a região metropolitana de São Paulo, até o dia 30 de maio.

A campanha foi desenvolvida
pela agência Rae,MP para o SPUrbanuss (Sindicato das Empresas de Transporte
Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo), em parceria com o CMT (Consórcio
Metropolitano de Transportes) e a Fecootransp (Federação das Cooperativas de
Transportes do Estado de São Paulo).“Ônibus queimado não leva a lugar nenhum”
tem o objetivo de conscientizar e orientar a sociedade para que denuncie
qualquer ato criminoso de incêndio e vandalismo contra o transporte público
através do número 181, do Disk Denúncia.
“A ideia é conscientizar a
população de que ela é a principal prejudicada com a queima e depredação dos
ônibus. Precisamos da ajuda de todos para combater as ações criminosas. As
denúncias são essenciais para minimizar os impactos causados no transporte
público e para que os responsáveis por tais atos sejam devidamente punidos”,
afirma Francisco Christovam, presidente do SPUrbanuss.
Entre os meses de janeiro a
abril deste ano, 67 ônibus municipais (59 das concessionárias e 8 das
permissionárias) e 19 intermunicipais foram incendiados na região metropolitana
de São Paulo, totalizando 86 veículos de prejuízo, segundo levantamento do
SPUrbanuss.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.