05.27 da Guarabirense: Um dos poucos que foram aproveitados

Veículo foi um dos últimos ônibus adquiridos 0 km pela Guarabirense e ainda rodou por duas empresas paraibanas.

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Paulo Rafael Viana / Thiago Alex

Após o encerramento das atividades da Expresso Guarabirense, uma das mais tradicionais empresas de ônibus paraibanas, em 2006, poucos foram os ônibus que sobraram “inteiros” e ainda podendo rodar por outras empresas, sejam elas de linhas regulares ou de turismo e fretamento.

Um desses carros que “sobreviveram” a falência da Guarabirense, foi o 05.27, um Busscar Elbuss 340 montado sobre o chassi Volkswagen 16-210 CO, fabricado em 1999 e que foi um dos últimos veículos adquiridos 0 km pela empresa.

Após a falência da Guarabirense e a sua consequente saída da empresa, ele foi para a Expresso Paraibano, empresa que na época era da mesma família dos fundadores da Guarabirense.

Posteriormente ele foi para a Jovem Turismo, aonde operava o fretamento contínuo para a empresa Conpel – Cia. Nordestina de Papel, situada no município do Conde, no litoral sul paraibano. Na Jovem Tur seu prefixo era 950.

Uma curiosidade é que o layout utilizado pela Jovem Tur era bem semelhante ao da Rogetur, mudando apenas o esquema de cores, aonde a cor principal utilizado no Elbuss era amarelo, enquanto o resto da frota usava a cor branca, idêntico ao layout da Rogetur.

Seu último registro foi em 2016, na empresa Loc Bus em Maceió, Alagoas. Na Loc Bus, ele recebeu o prefixo 2043 e manteve o mesmo layout utilizado nos tempos da Jovem Tur.

Segundo o Detran-PB, seu último licenciamento foi no ano de 2016 e consta que ainda continua emplacado em João Pessoa.

, , , ,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter