20 anos do Apache VIP: Relembre a presença do modelo na Grande Natal

Por UnibusRN/Ônibus Paraibanos
Imagens Acervo Unibus RN


Na última semana, a Induscar CAIO celebrou os 20 anos de um dos principais modelos de ônibus do país: o Apache VIP. Lançado ainda no primeiro trimestre de 2001, o Apache Vip, um “urbano sofisticado” para chassis com motor dianteiro. que nada mais era do que o Apache S21, com nova frente, para-brisa dianteiro inteiriço e nova traseira, ainda algo pesada, na linha estilística iniciada pelo modelo Millennium.

O Vip (agora com para-brisa dianteiro bipartido) rapidamente se firmou no mercado, suplantando o S21 na preferência dos operadores. Com o sucesso do Vip a Caio consegui recuperar parte do mercado perdido, crescendo 69% entre 1999 e 2000 e 48,2% entre aquele ano e 2001 (com 2.700 carrocerias fabricadas, a produção de 2001 equivalia a 13,6% do total nacional).

Em 2008, o Apache Vip recebe sua primeira completa reestilização, surgindo o Apache Vip II. Em setembro de 2012, o Apache passa por uma leve reestilização aonde ganhou para-choque, grade e faróis novos. Daí nasce o Apache Vip III.

O Apache Vip IV, nasce da reestilização do modelo urbano mais vendido do país, lançado a 10ª Fetransrio, em novembro de 2014.

As quatro gerações dos modelos lançados pela CAIO estiveram presente em diversas empresas de Natal e região metropolitana.

Apache VIP I:

O Vip I foi comprado, inicialmente, por duas empresas: Reunidas, presente no transporte urbano, e Oceano, que atuava no transporte metropolitano.

Na Reunidas, duas unidades marcaram presença. Eles tinham chassi Mercedes-Benz OF 1721 na configuração 6×2.

Já na Oceano, era apenas um ônibus, de chassi Mercedes-Benz OF 1417. Ao ingressar a frota, tinha a pintura amarela utilizada pela viação na época. Em meados de 2008, recebeu novo padrão de pintura utilizado pela Oceano, com as cores branca e azul.

Já unidades semi-novas estiveram presentes em outras empresas, tanto de Natal, quanto da região metropolitana.

Na Trampolim da Vitória, o VIP I fez parte da frota comprado semi-novo do Rio de Janeiro, e também com unidades repassadas de Pernambuco, da empresa Itamaracá, que adquiriu parte de suas ações.

Quem também recebeu o VIP I nas mesmas condições da Trampolim, foi a empresa Conceição, que também fez parte do mesmo grupo empresarial.

O mesmo também ocorreu com a Barros/Litorânea, que também recebeu unidades do VIP I vindos das empresas de Pernambuco, que fazem parte do mesmo grupo empresarial.

Com a aquisição da Trampolim por grupos pernambucanos, surgiu a Parnamirim Field, que levou consigo unidades do VIP I usados do RJ que faziam parte da Trampolim.

Apesar de passar a fazer parte de outro grupo empresarial de Pernambuco, a empresa Oceano também recebeu outras unidades o VIP I usado de Pernambuco, que fizeram parte da empresa Caxangá.

Apache VIP II:

O VIP II foi um veículo unânime na grande Natal. Esteve presente na maioria das empresas locais. Os primeiros foram comprados pela Trampolim da Vitória, logo após o modelo ter sido lançado. Na ocasião, a Trampolim foi a segunda empresa da região nordeste a comprar o modelo.

Em seguida, no ano de 2009, foi a vez da Cidade do Natal aderir ao modelo, comprando unidades no primeiro semestre daquele ano.

Ainda no segundo semestre daquele ano, o VIP II foi comprado conjuntamente pelas empresas Guanabara, Cidade do Natal, Via Sul e Riograndense, todas operadoras de linhas urbanas.

Posteriormente, o modelo também passou a integrar a frota da empresa Reunidas. Uma unidade em configuração semelhante aos veículos das demais empresas potiguares, emplacado em Natal desde sua compra, mas que atuava no transporte urbano de João Pessoa (onde a empresa também atua) foi direcionado para o sistema potiguar.

Houve ainda a compra do VIP II pela empresa Conceição, numa aquisição conjunta com a Trampolim da Vitória, quando ambas já faziam parte do grupo pernambucano formado pelas empresas Itamaracá e Cidade Alta.

Quem também aderiu ao VIP II, foi a empresa Campos, quando trouxe a primeira unidade montada em chassi equipado com a tecnologia Euro V, menos poluente, que entrou em vigor em 2012.

Após mudar sua marca para “MDC”, em 2019, a empresa também recebeu diversas unidades do VIP II, com veículos que fizeram parte da frota da empresa Guanabara.

Quem também recebeu o VIP II foi a Cidade das Dunas, sendo veículos da empresa-irmã Cidade do Natal que foram redirecionados para a frota da viação atuante do sistema intermunicipal.

Apache VIP III:

Já o Apache VIP III está presente apenas nas frotas das empresas Trampolim da Vitória e Litorânea. Ambas pertencem ao mesmo grupo empresarial, e receberam os modelos vindos de outra empresa que integra o mesmo grupo: a Atalaia, de Sergipe.

Nas empresas, os ônibus passaram a fazer parte da frota no ano de 2019, e se destacam pelo bom estado de conservação.

Apache VIP IV:

O modelo atual do Apache VIP está presente nas frotas das empresas Cidade das Dunas e Cidade do Natal. Elas integram o mesmo grupo, e receberam os modelos nas últimas compras realizadas, que se destacam pelo designer e eficiência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.