20 anos do Apache Vip: o modelo nas empresas do transporte urbano de Campina Grande

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Acervo Ônibus Paraibanos


Na semana passada, trouxemos aqui no Ônibus Paraibanos a história do Apache Vip nas empresas do sistema municipal de João Pessoa e na região metropolitana, celebrando os 20 anos de lançamento do modelo urbano da Caio. Hoje, vamos falar dos Apache Vip que operaram no sistema de transporte urbano de Campina Grande.

Na Rainha da Borborema, as primeiras unidades do Apache Vip chegaram em 2003 para a Expresso Nacional de Luxo, empresa do Grupo A. Cândido. Montadas sobre os chassi OF-1417 da Mercedes-Benz, duas unidades, com prefixos 00115 e 00118 foram transferidos para a sua cõ-irmã São Jorge aonde recebeu os prefixos 0234 e 0235.

Aliás, apenas a Nacional teve o Apache Vip I em sua frota na cidade de Campina Grande. Montados sobre os chassis OF-1417, OF-1418 e OF-1722M, adquiridos, em sua maioria, usados do Rio de Janeiro.

Vieram unidades adquiridas junto as empresas cariocas Viação Verdun e Rodoviária Âncora Matias com os chassis OF-1722M fabricados em 2005 e unidades com os chassis OF-1418 fabricadas em 2006.

Uma curiosidade é que o Vip de prefixo 0049, com chassi OF-1418, oriundo da Matias, foi o único com porta atrás, já que os demais tinham portas na parte dianteira e central. Ele durou pouco tempo na frota da empresa, cerca de 2 meses.

Já o Apache Vip II apenas as empresas Cabral e Cruzeiro tiveram e são as únicas unidades que ainda permanecem em operação no sistema da cidade.

A Cabral adquiriu em 2010 quatro unidades, uma montada sobre o chassi OF-1418, da Mercedes-Benz, o 0131 e três sobre o chassi OF-1722M também da Mercedes, o 0108, 0114 e 0133.

O 0133 foi incendiado em maio de 2015 durante um ataque ordenado por detentos do presídio do serrotão. Outros dois veículos do sistema foram incendiados.

Foto: Marcos Vasconcelos/TV Paraíba

Com a adoção do sistema de consórcios em Campina Grande, os Vip’s da Cabral mudaram a numeração ganhando o prefixo 20 ao invés do prefixo 01. Com isso o 0108 passou a ser o 2008, o 0114 o 2014 e o 0131 o 2031.

A Cruzeiro teve apenas uma unidade do Apache Vip II, montada sobre o chassi OF-1722M, fabricada em 2008 e adquirida usada junto a empresa carioca Transurb, aonde ostentava o prefixo 72013. Na Cruzeiro teve os prefixos 0312 e 0318 e com a adoção dos consórcios, a Cruzeiro passou a fazer parte do Consórcio Santa Verônica e foi renumerado para 4018.

Quando foi desativado da frota, a Cabral o adquiriu e passou a fazer do Consórcio Santa Maria com o prefixo 2025.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.