Magé tem focado na ampliação e melhoria do transporte rodoviário

Somente uma empresa de ônibus foi notificada 14 vezes pela fiscalização.

Por Prefeitura Municipal de Magé
Imagens Divulgação

Desde o início do atual do governo municipal, a Secretaria de Transportes e Ordem Pública de Magé tem atuado intensamente pela melhoria e até ampliação de linhas do transporte rodoviário. Somente uma empresa de ônibus, a Divina Luz, foi notificada 14 vezes pela fiscalização, que tem atuado com frequência nos terminais do Centro da cidade e de Piabetá.

As Viações Divina Luz e Reginas também foram notificadas para o retorno de circulação de linhas e regularização de outras, com frota suficiente e itinerários e horários regulares. Casos das linhas Esmeralda X Central (Reginas), Jardim Esmeralda X Piabetá e Raiz da Serra X Magé (ambas da Divina Luz).

Apesar de não ser atribuição do município, a Secretaria de Transportes de Magé enviou ofício ao Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio (Detro) solicitando uma linha intermunicipal ligando o 6º Distrito de Piabetá a Guapimirim. Atualmente, os mageenses contam apenas com uma linha entre o 1º Distrito (Magé) e o município vizinho.

O setor atuou ainda nos serviços auxiliares regulamentados e fiscalizados pelo Município, como táxis, moto-fretes e transporte escolar. Das 178 autonomias de táxis, apenas 61 proprietários das concessões do serviço estão em situação regular; os demais sujeitos às sanções, que vão desde advertência até cassação definitiva da autonomia. Foi realizada também a primeira regularização do moto-frete de Magé prevista em lei, com 12 prestadores já cadastrados, assim como campanha de conscientização para regularização do transporte escolar.

Para o secretário municipal de Transportes, Pablo Vasconcelos, o saldo do primeiro semestre de trabalho da Pasta no governo Renato Cozzolino é bastante positivo.

“Ao assumir a Secretaria encontramos várias irregularidades na prestação dos serviços de táxi, transporte escolar e inclusive na prestação do transporte coletivo municipal, concedido à empresa Divina Luz. Após estudos, pudemos finalizar o processo de cassação das permissões irregulares, realizar campanha de regularização do escolar e ampliar a fiscalização no transporte coletivo. A fiscalização é contínua e árdua mas estamos certos que, com compromisso e seriedade, vamos gerar bons frutos para a população mageense”, argumentou Pablo Vasconcelos.

OUTROS NÚMEROS – A Secretaria Municipal de Transportes concedeu também, em convênio com o Estado, 217 novos cartões do Vale-social, além de outros 98 cartões de estacionamento especial para idosos e pessoas com deficiência. Para dar suporte à administração municipal, foram recuperados 226 carros oficiais nos seis primeiros meses do governo Renato Cozzolino, sendo a maioria das Secretarias de Saúde (18%), Infraestrutura (16%) e Ordem Pública (13%).

,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter