Empresa Turisguá retira ônibus das ruas e encerra atividades

Por Jornal Terceira Via
Imagens Leandro Machado de Castro / Divulgação

A empresa Auto Viação Turisguá anunciou o encerramento das atividades em Campos. Segundo a proprietária Rosemary Reis, que também é responsável pelo Consórcio União na cidade, o principal motivo é a condição financeira que a empresa se encontra. Com o fim do sistema alimentador, instalado pelo Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), em 2019, a empresa não conseguiu manter os gastos e retirou a frota de ônibus das ruas nesta sexta-feira (27).

Até dezembro de 2020, 16 ônibus da Turisguá eram mantidos em atividades em Campos. Atualmente esse número era bem menor, apenas 5 ônibus estavam circulando nas rotas dos bairros da Penha e também em Donana.

Em uma reportagem sobre a decadência do transporte público de Campos, no mês de julho o Jornal Terceira Via ouviu a dona da Turisguá (clique aqui). Rosemary destacou na época sobre o momento difícil que a empresa passava.

“Fazíamos o fluxo de integração com as vans no terminal que foi desmontado em janeiro. Acabou a bilhetagem. O número de passageiros é o mesmo, mas as vans tomaram conta. Minha empresa está falida. Estou indignada. Entrei na Justiça pelo fim do consórcio. Há brigas e disputas dentro do próprio consórcio”, finalizou Rosemary.

Rosemary Reis – Propietária da Turisguá

A reportagem procurou a Prefeitura de Campos para saber o posicionamento em relação ao encerramento das atividades da empresa na cidade. Por meio de nota, foi informado que até o momento, o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), não foi notificado sobre o fim da operação da Turisguá.  

“A Prefeitura só tomou ciência sobre o fato através de relatos da própria população, e foi solicitado a fiscalização nas linhas operadas pela empresa para verificar se as mesmas estão sendo supridas pelo Consórcio União, por meio das empresas São Salvador, Cordeiro e Siqueira”, citou.

Sobre negociação de débitos aos trabalhadores, a empresa Turisguá informou que medidas cabíveis estão sendo tomadas em relação ao encerramento das atividades na cidade.