Sindicato diz que prejuízo com ônibus incendiado em João Pessoa foi apenas material e aguarda investigação

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros no Município de João Pessoa (Sintur-JP) informou que o prejuízo com o ônibus incendiado foi material. O caso foi registrado por volta das 20h deste domingo (23) no Terminal de Ônibus de Mangabeira VIII/Cidade Verde, na capital paraibana.

Um boletim de ocorrência deverá ser registrado pelo setor jurídico da empresa que teve o veículo violado. “Os prejuízos são materiais”, frisou, o diretor-executivo do Sintur-JP, Isaac Moreira Júnior. Em conversa com o ClickPB, informou que o ônibus tinha várias câmeras de monitoramento, mas que “tudo foi destruído pelo fogo”. 

Isaac Júnior ainda informou que o veículo estava em momento de viagem quando ocorreu o fato. “Ele [o ônibus] estava estacionado e os últimos passageiros tinham acabado de desembarcar. E ao sair, a retomada das viagens, foi que o grupo se aproximou e determinou que o motorista descesse e saísse correndo. Em seguida disparando vários tiros de arma de fogo e depois atearam fogo”, contou ao ClickPB. 

Após o registro oficiais do ocorrido, o diretor-executivo disse que se aguarda “que as autoridades policiais deem uma resposta ao fato. O que teria provocado”.

Fonte: ClickPB