Empresas de Manaus adquirem 15 ônibus O500 Super Padron da Mercedes-Benz

Após mais de dois meses de testes em operações regulares no transporte coletivo urbano de Manaus, empresas locais aprovaram o Mercedes-Benz O 500 R Super Padron 1830 para renovação de frota. Como resultado, a Auto Ônibus Lider adquiriu três unidades, a Expresso Coroado outras três, a Vega Manaus Transporte de Passageiros comprou quatro e a Via Verde Transportes Coletivos ficou com cinco.

Comercializados pelo Grupo Mardisa, concessionário Mercedes-Benz da cidade, os chassis de ônibus O 500 Super Padron estão sendo encarroçados pela Marcopolo, com previsão de início de operação ainda no primeiro semestre deste ano.

Em setembro do ano passado, um Super Padron da frota de demonstração da Mercedes-Benz foi apresentado ao prefeito de Manaus, David Almeida, e a empresários da operação urbana da cidade. Em seguida, durante uma semana, o veículo foi levado às garagens das empresas, num programa de treinamento conduzido por um instrutor da Fábrica. Posteriormente, o veículo ficou cerca de 70 dias em operação na cidade.

“A demonstração desse ônibus e, principalmente, a disponibilização para uso em operações regulares das operadoras foram de extrema importância para que os clientes locais pudessem constatar, na prática, tudo aquilo que apresentamos como diferenciais do produto”, diz Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Temos muito valor a agregar ao dia a dia das empresas de Manaus, seja em desempenho e economia operacional dos nossos ônibus, em capacidade de transporte ou em conforto e segurança para passageiros e motoristas”.

“Com os modernos produtos da nossa marca, essa renovação de frota traz melhoria na mobilidade e na qualidade de vida no transporte para a população de Manaus, assim como ocorreu recentemente com Goiânia, que escolheu o Super Padron para o novo BRT da Região Metropolitana”, destaca Barbosa.

“A demonstração desse ônibus e, principalmente, a disponibilização para uso em operações regulares das operadoras foram de extrema importância para que os clientes locais pudessem constatar, na prática, tudo aquilo que apresentamos como diferenciais do produto”, diz Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Temos muito valor a agregar ao dia a dia das empresas de Manaus, seja em desempenho e economia operacional dos nossos ônibus, em capacidade de transporte ou em conforto e segurança para passageiros e motoristas”.

“Com os modernos produtos da nossa marca, essa renovação de frota traz melhoria na mobilidade e na qualidade de vida no transporte para a população de Manaus, assim como ocorreu recentemente com Goiânia, que escolheu o Super Padron para o novo BRT da Região Metropolitana”, destaca Barbosa.

O ônibus urbano O 500 Super Padron reflete o objetivo da marca de atender permanentemente às necessidades dos clientes em todas as circunstâncias. A Mercedes-Benz já havia identificado a oportunidade de desenvolvimento de um chassi urbano que se posicionasse entre o O 500 M 4×2 para carroçarias de 13,2 metros e o articulado O 500 MA 6×2 de 18 metros, a fim de ampliar a mais completa linha de ônibus.

O Super Padron foi desenvolvido para carrocerias de até 14 metros de comprimento, com capacidade para cerca de 100 passageiros. Assim, pode transportar a mesma quantidade de pessoas que um modelo 6×2 de 15 metros.

O chassi O 500 Super Padron pode receber carroçarias com até cinco portas. Devido ao motor na traseira, há um aumento de espaço na área dianteira interna do ônibus, o que facilita o embarque e o desembarque de passageiros.

“A queda no volume de passageiros do transporte coletivo, causada pela pandemia, antecipou a chegada do Super Padron ao mercado”, afirma Walter Barbosa. “Com essa solução, oferecemos às empresas um modelo que pode operar de acordo com a demanda atual de passageiros, tanto nos momentos de pico, quanto de entrepico, otimizando custos operacionais”.

Outra grande vantagem do Super Padron 4×2 é o fato dele ter um eixo a menos em comparação com os concorrentes 6×2. Isso significa melhor relação peso/potência, menor custo de manutenção e de reposição de peças, ou seja, mais rentabilidade para as empresas de ônibus, com a mesma capacidade de transporte de passageiros. Além disso, por apresentar somente dois eixos, há um menor arraste dos pneus, o que se traduz em menor custo de manutenção e redução do consumo de combustível.

Um importante diferencial de mercado do Super Padron Mercedes-Benz em relação à concorrência é o maior conforto e segurança oferecidos pelo câmbio automático ZF Ecolife AP1200 de série, com retarder integrado e auxílio de partida em rampa.

Fonte: Mercedes-Benz