Volare fornece veículos acessíveis para o inédito Programa SC Mais Inclusiva

A Volare, marca líder nacional na produção de micro-ônibus e pertencente à Marcopolo S.A., participa do maior e mais importante investimento em Educação Especial do estado de Santa Catarina, o “Programa SC Mais Inclusiva”, da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE). A fabricante desenvolveu e está fornecendo, por intermédio de suas concessionárias DAS e LOCAL, desde novembro do ano passado, mais de 40 veículos inclusivos para o transporte de pessoas com deficiência de diferentes Apaes de cidades do estado.

Ontem, dia 7 de fevereiro, foram entregues mais seis veículos em cerimônia realizada na concessionária Volare DAS Comércio de Autopeças, em Içara, em Santa Catarina, para as instituições Apae de Jaguaruna, Sombrio, Laguna e Santa Rosa Do Sul, Centro Vida e Arte de Tubarão e AMA – Associação de Pais e Amigos do Autistas. A entrega dos micro-ônibus faz parte do Programa SC + Mobilidade, um dos subprogramas do “SC Mais Inclusiva”.

“É importante e fundamental participar de um programa como o SC + Mobilidade que vai garantir o transporte com segurança, conforto e acessibilidade a pessoas com deficiência em diversas regiões de Santa Catarina. Pelo seu alcance e inclusão, esse projeto pode e deve servir de modelo e exemplo para todo o País”, enfatiza Sidnei Vargas, gerente de vendas da Volare.

Para a presidente da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), Janice Krasniak, o SC Mais Inclusiva significa um salto de qualidade no atendimento às pessoas com deficiência em Santa Catarina: “A educação especial está recebendo a atenção que merece e queremos avançar ainda mais.”

Janice Krasniak lembra que o transporte adaptado é imprescindível para a locomoção de pessoas com deficiência e com limitação de movimentos exercerem o direito de ir e vir e, principalmente, obterem o acesso à educação. “Com a renovação da frota, é possível oferecer mais conforto e comodidade aos nossos educandos”, afirma a presidente. “Nunca um governo investiu tanto na Educação Especial de Santa Catarina. São mais de R$250 milhões em repasses para instituições especializadas adquirirem veículos, mobiliário, equipamentos e realizarem obras como reforma, ampliação e construção. Somente um governo com olhar humanizado sobre o segmento da inclusão social, que valoriza o respeito e a dignidade que as pessoas com deficiência merecem, investe com qualidade e eficiência onde as necessidades são reais”, concluiu.

Para poder atender às demandas por transporte e necessidades especificas de cada uma das instituições, a Volare desenvolveu diferentes versões de seus modelos Access, Attack 8, Fly 9 e Fly 10 , com equipamentos e características que proporcionassem total acessibilidade, com conforto e segurança. Os veículos possuem itens exclusivos, como plataforma elevatória, sistema de ar-condicionado, disposição interna conforme necessidade de cada instituição, sistema de áudio e vídeo completo e poltrona do motorista com amortecimento, entre outros.

O “Programa SC Mais Inclusiva” foi lançado em julho de 2021 e representa um pacote de investimentos de quase R$ 50 milhões para beneficiar cerca de 25 mil pessoas com deficiência. Os recursos estão permitindo a realização de projetos como a implantação de parques adaptados, academias acessíveis e jardins sensoriais, além da aquisição de recursos tecnológicos, como tablets, lousas digitais e veículos de transporte adaptado com plataformas elevatórias a mais de 200 instituições especializadas em Educação Especial de SC, como Apaes, Amas, entre outras.

O SC Mais Inclusiva está dividido em subprogramas: Programa Instrumentalizar para desenvolver: para projetos com objetivo de fomentar o atendimento especializado no Estado com o uso de estratégias diferenciais, implementando as salas de Integração Sensorial, de PediaSuit e de Psicomotricidade, academia para atividade física, parques adaptados ou jardim sensorial nas Instituições especializadas; Programa SC + Acessibilidade Digital: para projetos com o objetivo de garantir às pessoas com deficiência que frequentam as Instituições Especializadas o acesso à inclusão digital por meio da aquisição de recursos e equipamentos tecnológicos, Programa SC + Mobilidade: para projetos com o objetivo de garantir o transporte com segurança, conforto e acessibilidade às pessoas com deficiência (Transporte Adaptado), e Programa SC + Mobiliário Acessível.

Fonte: Secco Consultoria de Comunicação