Onde foi parar o 01.153 da Transparaíba‏

Veja o histórico do ônibus que fez parte do último lote adquirido quando a Transparaíba era administrada pela família Brito.

Em 1995, a Transparaíba, uma das principais empresas de transporte rodoviário de passageiros que já operou rotas intermunicipais na Paraíba, adquiriu em 1995 o seu último lote de ônibus 0 km, Eram quatro Marcopolo Paradiso GV 1150 montados sobre o chassi K113 TL 6X2 360 adquiridos pela empresa enquanto ainda era administrada pela família Brito. Seus prefixos eram: 01.150, 01.151, 01.152 e 01.153.

Porém, no mesmo período a Transparaíba é vendida ao empresário paraense Jacob Barata, controlador do Grupo Guanabara, que fechou o negócio pessoalmente na sede da empresa paraibana.

Com a aquisição, a Expresso Guanabara, que compõe o Grupo Guanabara e havia sido criada três anos antes por Barata, incorporou as garagens e a empresa de encomendas à sua estrutura da Expresso Guanabara. A Guanabara aproveitou também 18 veículos da antiga empresa – entre eles os Paradiso GV 1150. Os veículos que sobraram – mais vários remanejados e os lotes posteriores adquiridos já na gestão de Jacob Barata – ostentaram o nome da Transparaíba até 1999, quando a marca foi substituída pela da Guanabara.

A frota herdada pela Guanabara foi vendida nesse meio tempo, principalmente os de chassi Scania – já que a empresa trabalha exclusivamente com chassis da Mercedes-Benz (Jacob Barata é proprietário de concessionárias Mercedes-Benz).

A extinta empresa fluminense Águia Turismo adquiriu pelo menos um deles, o de placa MMP 8064 que possuía prefixo 01.153. Infelizmente não conseguimos registros dele na Transparaíba.

Na Águia foi mantido o mesmo layout da Transparaíba, porém alterando as cores de branco, azul e vermelho para branco, azul e laranja, O seu prefixo na Águia era o RJ 577.001.

Seu último registro fotográfico foi na empresa Anatur Turismo, que tem sede na cidade de Anapólis, GO. O seu último emplacamento foi na mesma cidade.

Imagens: Alex de Souza / Athos Lauriano do Prado / William Santos / Acervo Marco Antônio Goldani

, , , ,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter