Marcopolo está preparada para atender demanda do Brasil por ônibus elétrico

Fabricante tem veículos homologados no País e capacidade para fabricar mais de 1.000 unidades ainda em 2023
26102022 Marcopolo eletricos no Brasil 2 scaled

Líder na fabricação nacional de ônibus e posicionada entre as maiores do mundo, a Marcopolo investe em soluções para o futuro da mobilidade, como os ônibus eletrificados. A fabricante tem duas frentes de ação na sua estratégia para a descarbonização e eletrificação do transporte coletivo urbano no Brasil: o ônibus 100% elétrico Attivi integral e o fornecimento de carrocerias para os diferentes modelos de chassis disponibilizados pelas montadoras. 

Na frente estratégica da solução integral, a companhia anunciou para o segundo semestre deste ano a fabricação de 30 unidades do Attivi Marcopolo e está pronta para atender às demandas de cidades como a capital paulista, que recentemente, comunicou a proibição da compra de novos ônibus movidos a diesel. Para 2023, já está previsto produção em série deste modelo em quantidades crescentes, conforme demanda.

O veículo desenvolvido pela Marcopolo conta com chassi e carroceria da Marcopolo, e tem mais de 60% dos componentes de origem nacional. Dessa forma, a companhia se torna uma das principais fabricantes de soluções eletrificadas do País e está pronta para absorver a demanda por novas unidades de veículos movidos a energia elétrica.

O Attivi utiliza o conceito chassi e carroceria (não monobloco), foi testado em Santo André, na Grande São Paulo – em condições reais de operação – e recentemente colocado em operação em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

“Além da nossa versão integral, temos mais de 500 ônibus elétricos em operação no Brasil e exterior, com diferentes parceiros de chassis, como o Attivi articulado, em operação em São José dos Campos/SP, e o Torino, fornecido para cidade de Salvador/BA, ambos em parceria com a BYD”, explica Ricardo Portolan, diretor de Operações Comerciais MI e Marketing da Marcopolo. “Este último, inclusive já está também homologado pela SPTrans”.

Segundo Portolan, a Marcopolo investe ativamente no desenvolvimento de veículos sustentáveis e, durante mais de cinco anos, testou protótipos com diferentes configurações e condições de operação para garantir que o veículo 100% da companhia incorporasse as soluções mais modernas do mundo. Neste cenário, o Attivi atende, não apenas as especificações, mas também as condições de operação e durabilidade exigidas pelas cidades brasileiras, que em geral é de vida útil de 15 anos.

“A partir do momento que tivermos encomendas e planejamento de entrega, a Marcopolo pode produzir e fornecer ônibus elétricos para qualquer cidade do Brasil, inclusive São Paulo, ainda em 2023”, enfatiza Ricardo Portolan.

Ao longo dos 73 anos de existência, a Marcopolo adquiriu expertise com veículos sustentáveis também em suas operações no exterior, incluindo a Australia, onde a utilização de ônibus elétricos urbanos já ocorre há mais tempo e, está preparada para fornecer veículos elétricos que unam a melhor solução técnica disponível no mundo, adaptada para a condição de operação das cidades brasileiras.

Fonte: Secco Consultoria de Comunicação

, ,
0compartilhamentos

Inscreva-se no nosso newsletter

banner tecnipar