Comil inicia primeira turma de Aprendizagem Industrial para pessoas com deficiência

Fonte: Maxpress
Matéria/Texto: Moglia comunicação empresarial
Fotos: Divulgação

A Comil,
uma das principais fabricantes de ônibus do Brasil, iniciará, em março, em
parceria com o Senai, as aulas da primeira turma de Aprendizagem Industrial
voltada a pessoas com deficiência. Os alunos podem ser contratados pela empresa
ao final do programa, que tem duração de 10 meses e formará auxiliares de Linha
de Produção. O primeira turma será composta por 12 pessoas.

“Este
não é apenas mais um curso. Queremos oferecer uma oportunidade para essas
pessoas terem acesso ao mercado de trabalho de forma igualitária. Eles serão
realmente capacitados para assumir funções na empresa”, afirma o gerente de RH
da Comil, Adriana Menegatti.



Os alunos foram selecionados através de um curso
ministrado pelos profissionais da empresa no projeto Trabalhar é um direito de
todos: inclusão da pessoa com deficiência intelectual no mercado de trabalho,
realizado em parceria com o Mesa Brasil, nas entidades APAE e Albano Frey. O
público alvo são jovens acima de 18 anos com deficiência intelectual.



As aulas ocorrem na sede da empresa em Erechim
(RS), onde a Comil montou o Centro de Educação Profissional Comil em março de
2011. O centro tem como objetivo a formação profissional de jovens aprendizes e
a capacitação técnica dos funcionários. O espaço possui salas de aula, laboratórios
e equipamentos necessários para o desenvolvimento das atividades práticas.



Comil é reconhecida como formadora de mão-de-obra
na região de Erechim




A Comil é tradicionalmente reconhecida como
formadora de mão-de-obra na região de Erechim. A empresa mantém parceria com o
Senai desde a sua fundação. Nesse período, ofereceu na capacitação gratuita a
centenas de profissionais através do curso de Montadores de Veículos
Automotivos. A cada dois anos, a empresa abre suas portas para uma nova turma
de jovens que almejam ingressar no mercado de trabalho.



Rodrigo Morona usou o aprendizado no curso para
iniciar uma carreira promissora na Comil. Hoje com 30 anos, acaba de assumir o
cargo de supervisor do setor Ar Condicionado. “Sempre temos que almejar mais.
Meu objetivo é chegar ao cargo de gerência. Para isso não podemos estagnar, é
preciso estar sempre estudando”, diz Morona, que fez o curso de Mecânica no
Senai aos 16 anos e foi contratado inicialmente como montador. Além de abrir as
portas da Comil, o curso também o incentivou a continuar estudando. Depois de
se formar em Administração, Morona agora cursa pós-graduação em Engenharia de
Produção.



Em 2012, cerca de 60% dos alunos que concluíram o
curso foram efetivados pela própria empresa. “Ao mesmo tempo em que nós damos
uma oportunidade para os jovens que querem seguir carreira nesse setor, estamos
capacitando pessoas qualificadas para a Comil e oferecendo o primeiro emprego
para muitos deles. A nossa intenção é contratar sempre todos os alunos, assim
que completam 18 anos”, afirma a gerente de RH, Adriana Menegatti.



O curso é aberto para toda a comunidade, mas a
maioria dos alunos é filho ou parente de funcionários da própria empresa.
Lenise Todescato Cavalet, que completou 18 anos em novembro, foi efetivada como
funcionária do setor de Preparação de Chassi assim que finalizou o curso. Ela
se espelhou no pai e no irmão, funcionários da Comil, para ingressar no curso.
“Eu não tinha noção nenhuma sobre o assunto. O curso me deu essa preparação,
foi muito interessante. É uma ótima oportunidade para jovens que não tem
condições de pagar por um curso como este”, disse.



Com duração de dois anos, o curso oferece
bolsa-auxílio, transporte e plano de saúde aos alunos. O principal diferencial
da escola Senai/Comil é proporcionar ao aluno uma visão mais próxima da
realidade da indústria, colocando-os em contato com os processos de fabricação
do ônibus e suas tecnologias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss DD da Viação Cometa O Ônibus Paraibanos agora é Ônibus & Transporte As novidades da Empresa Líder Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio