ZF-Ecolife é destaque em frotas de ônibus

Fonte: Transpo online
Foto: Divulgação

A
busca cada vez mais frequente por tecnologias embarcadas, que proporcionam mais
conforto e reduções de custos nas operações, tem feito com que as empresas de
transporte coletivo urbano de passageiros invistam na introdução de caixa de
transmissão automática em suas frotas de ônibus. Com esse
cenário, o grupo ZF que fornece sistemas de transmissão e tecnologia de chassis
para o setor automotivo, vem ganhando visibilidade. Em Porto Alegre, no Rio
Grande do Sul, a Carris, companhia de transporte coletivo urbano de passageiros
adquiriu recentemente 13 novos ônibus equipado com transmissão automática
ZF-Ecolife. Os veículos Volvo B340 articulados possuem 21 metros de comprimento
e capacidade para até 140 passageiros. 

A
decisão de adquirir  a caixa automática ZF-Ecolife veio depois de testes
realizados em 2012 pelo gerente de manutenção da empresa.  O sistema se
destacou pela tecnologia empregada cuja proposta é auxiliar no aumento da vida
útil da transmissão e na economia de combustível. São fatores que toda empresa
de transporte sempre procura.”, comenta Carlos Alexandre Ávila, Diretor Técnico
da Carris. De acordo com ele, os últimos ônibus adquiridos com essa transmissão
não apresentaram problemas com manutenção.

A caixa
automática ZF-Ecolife foi introduzida no mercado sul-americano em 2012. Para
demonstrar os benefícios,  a empresa realizou uma série de ações. A
participação em feiras como a FetransRio (onde realizou test-drives com
clientes) foi uma delas.

Além da venda
para a Carris, a ZF também efetivou novos negócios nos últimos meses com
frotistas das cidades de São Paulo e Curitiba e em países da América do Sul
(Chile e Colômbia).

No fim de
2012, a empresa iniciou a consolidação da marca ZF na Turquia com a
comercialização de 1.108 caixas Ecolife para equipar ônibus Mercedes-Benz 
que rodam pelas cidades de Istambul, Ancara e Izmir. 

O presidente
 da divisão de veículos comerciais da ZF, Rolf Lutz, diz que existem
inúmeras razões que explicam o aumento da demanda pela procura do portfolio de
sistemas de tecnologia da empresa. “Nossos produtos fornecem reduções
significativas quanto aos custos de manutenção e aumentam consideravelmente o
conforto dos passageiros”, comenta.

Com mais de 72
mil colaboradores e 121 operações em 27 países, o grupo ZF registrou vendas de
15,5 bilhões de euros em 2011. Na América do Sul, a ZF possui cinco unidades em
Sorocaba, São Bernardo do Campo, Araraquara (SP), Belo Horizonte (MG) e San
Francisco (Argentina), e tem como presidente Wilson Bricio. Com cerca de 5,7
mil colaboradores e vendas de R$ 2,2 bilhão, fabrica transmissões para veículos
comerciais, sistemas de direção, sistemas de embreagens, amortecedores e
componentes de chassis para veículos comerciais e de passeio, além de eixos e
transmissões para máquinas agrícolas e reversores marítimos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.