Guanabara: sempre em expansão

Fonte: Revista “Guanabara. Vários caminhos, uma só história.”
Fotos: Divulgação

Em
20 anos, a evolução da Guanabara foi substancial. A empresa deu um salto de 12
linhas interestaduais, operadas em 1992, para 88 linhas interestaduais e 77
intermunicipais, em 2012. Mas, como se pôde perceber, essa ascensão foi
gradual. A empresa aumentava sua participação no mercado de 5% a 10% ao ano,
mantendo sempre regulares os índices de crescimento. Apostando num serviço diferenciado para continuar avançando e ganhar
competitividade, a Guanabara aperfeiçoou ao longo dos anos seu modelo
administrativo e foi ganhando mercado ampliando a operação com linhas de curta,
média e longa distância nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. 

A
idéia sempre foi evoluir naturalmente, priorizando o crescimento em áreas onde
a empresa já atuava. O objetivo era ganhar escala para obter cada vez mais
competitividade e um melhor aproveitamento dos veículos e de toda a
infraestrutura de apoio, como garagens e pontos de venda. O raciocínio era
simples, porém estratégico. Além disso, os ônibus que antes ficavam parados
podiam aumentar a sua quilometragem média mensal realizando novas viagens em
horários alternativos sem prejuízo para as linhas ordinárias.

Hoje
a empresa opera em todo o Nordeste, à exceção da capital da Bahia, e tem na eficiência
um dos alicerces de sua evolução. A filosofia da empresa é procurar sempre
fazer o melhor possível, buscando sempre a inovação. O grande desafio agora
será manter o negócio com a imagem consolidada diante dos imponderáveis
inerentes à atividade.
Atualmente, a Guanabara opera 165 linhas nas regiões
Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Confira as linhas operadas pela Guanabara em
2012:

CEARÁ

Fortaleza – Sobral (C – E – L)
Fortaleza – Camocim (C)
Fortaleza – Graça (C)
Fortaleza – Viçosa (C – E)
Fortaleza – Carnaubal (C – E)
Fortaleza – Croatá (C)
Fortaleza – Chaval (C)
Camocim – Crateús (C)
Crateús – Juazeiro do Norte (C)
Fortaleza – Juazeiro do Norte (C – E – L)
Fortaleza – Crato (C – E – L)
Fortaleza – Campo Sales (C)
Fortaleza – Iguatu (C – E – L)
Fortaleza –Penaforte (C)
Fortaleza – Tejuçuoca (C)
PIAUÍ

Teresina – Luis Correia (C – E)
Teresina – Paranaíba (C – E)
MARANHÃO

São Luís – Bacabal (C)
São Luís – Coelho Neto (C)
São Luís – Pindaré Mirim (C)
São Luís – Timon (C – E)
PARAÍBA

João Pessoa – Cajazeiras (C – E)
João Pessoa – Patos (C)
João Pessoa – Conceição (C)
João Pessoa – Coremas (C)
João Pessoa – Catolé do Rocha (C)
João Pessoa – Itaporanga (C)
INTERESTADUAIS

Fortaleza – Goiânia (C)
Fortaleza – Brasília (C)
Fortaleza – Aracaju, via Maceió (C)
Fortaleza – Recife (C – E – L)
Fortaleza – Caruaru (C)
Fortaleza – Campina Grande (C)
Fortaleza – Sousa (C)
Fortaleza – Teresina (C – E – L)
Fortaleza – Parnaíba (C – L)
Fortaleza – São Luís (C)
Fortaleza – Imperatriz (C)
Fortaleza – Belém (C)
Sobral – Goiânia (C)
Sobral – Brasília (C)
Juazeiro do Norte – Brasília (C)
Belém – Teresina (C)
Belém – Natal (C)
Belém – João Pessoa (C)
Belém – Recife (C)
Belém – Maceió (C)
Teresina – São Luís (C – E – L)
Teresina – Juazeiro do Norte (C)
Teresina – Codó (C)
Parnaíba – São Luís (C)
Natal – Goiânia (C)
João Pessoa – Brasília (C)
João Pessoa – Imperatriz (C)
João Pessoa – Crato (C)
Teresina – Imperatriz (C)
Legenda: C – Convencional / E
– Executivo / L – Leito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss DD da Viação Cometa O Ônibus Paraibanos agora é Ônibus & Transporte As novidades da Empresa Líder Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio