O novo e econômico plug-in híbrido da Volvo

Fonte: Transporte Mídia
Foto: Volvo

A Volvo apresentou na feira da UITP, em Genebra,
seu novo ônibus híbrido plug-in. A empresa iniciou neste mês de maio os testes
do modelo que está circulando pelas ruas de Gotemburgo, na Suécia. Com mais de
mil ônibus híbridos já comercializados, a Volvo Buses é uma das líderes mundiais
em termos de tecnologia híbrida para veículos pesados e com esta nova investida
está dando mais um passo fundamental em direção a um transporte ainda mais
eficiente e limpo. 

O objetivo da montadora sueca é oferecer uma
alternativa sustentável para o transporte urbano de passageiros. A tecnologia
plug-in permitirá a redução do consumo de combustível e de dióxido de carbono
de 75% a 80%, em comparação aos atuais ônibus a diesel, e deverá possibilitar
uma redução no consumo de energia que poderá chegar a cerca de 60% em
comparação aos ônibus a diesel convencionais. Além disso, há os benefícios de
proporcionar uma condução silenciosa do veículo e completamente livre de
emissão de poluentes.
A Volvo espera iniciar a produção comercial dos híbridos
plug-in em cerca de dois anos, inicialmente apenas para o mercado europeu. Até
então, a tecnologia será testada nos três ônibus colocados em circulação em
Gotemburgo. Um projeto de demonstração também foi planejado para 2014,
envolvendo oito híbridos plug-in em Estocolmo.
Emissões reduzidas em até 90% – “O objetivo do teste de campo é estudar e
verificar as reduções previstas no consumo de energia e de emissões, bem como
compilar informações de motoristas, passageiros e moradores da região a
respeito de suas impressões sobre as características do ônibus. Além disso,
esperamos ser capazes de reduzir as emissões de dióxido de carbono em até 90%
usando biodiesel em substituição ao óleo diesel padrão na combustão”, diz
Ulf Gustafsson, gerente sênior de relações públicas da Volvo Buses.
Recarga na rede elétrica – Os híbridos plug-in são baseadas no Volvo 7900
híbrido, que foi modificado para permitir a recarga da bateria em redes urbanas
de eletricidade através de um coletor instalado no teto. O veículo é equipado
com um pacote de bateria maior, o que lhe dá uma autonomia para percorrer cerca
de sete quilômetros utilizando, em até 70% do trajeto, apenas eletricidade, em
silêncio e sem emissões.  
As baterias podem ser carregadas no terminal de
ônibus, por entre seis e dez minutos. Se surgirem problemas para fazer o
carregamento da rede elétrica ou se o ônibus for colocado em operação em uma
linha sem estações de carregamento, o plug-in híbrido funcionará exatamente
como os demais ônibus híbridos. Isso significa que o cliente que queira
investir nesta nova tecnologia poderá fazê-lo mesmo sem ter acesso a uma rede
totalmente provida de estações de carregamento.
A Volvo Buses participa do projeto plug-in híbrido
em Gotemburgo em parceria com a Göteborg Energi, com a Business Region Göteborg
e com a Västtrafik. O projeto é parcialmente financiado pelo Life +, programa
de financiamento da União Européia para projetos ambientais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss DD da Viação Cometa O Ônibus Paraibanos agora é Ônibus & Transporte As novidades da Empresa Líder Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio