Aplicativo vai rastrear itinerários de ônibus em João Pessoa

Fonte: Jornal Correio
Matéria / Texto: Aline Guedes
Foto: Nalva Figueiredo
A partir do segundo semestre
deste ano, os pessoenses poderão acompanhar pelo celular, em tempo real, a
localização de todos os ônibus e previsão de chegada nos pontos. Segundo a
Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), o projeto ainda
contempla uma segunda etapa prevista para o próximo ano, com tecnologia
pioneira no Nordeste: com a chegada dos BRTs, as viagens também serão gravadas
e monitoradas em tempo real, dentro e fora dos veículos. De acordo com o
diretor de planejamento da Semob, Adalberto Araújo, a licitação será lançada
ainda este semestre.

Com o novo sistema, o
usuário poderá pesquisar os itinerários e horários dos ônibus, além dos pontos
de parada e a previsão de chegada do ônibus nos pontos. “Estamos elaborando o
termo de referência para lançar o edital da licitação. Algumas empresas já
operam esse serviço em Recife e em Santa Rita, mas nosso projeto tem uma
dimensão maior. Além de contemplar o monitoramento, vamos filmar as viagens dos
BRTs, não só rastreando o veículo via GPS, mas com câmeras de vídeo interno e
outra câmera focando o exterior do veículo, em tempo real É um sistema de
gestão, onde a partir das imagens veremos se o ônibus está atrasado, lotado, etc”,
explicou.
Para Adalberto, a tecnologia
irá garantir a segurança do usuário, já que os trajetos serão acompanhados por
uma central de monitoramento. “Além de minimizar o risco de assaltos ou outros
incidentes dentro dos ônibus, todas as vias onde o BRT passar serão filmadas,
ou seja, o que acontece na cidade ficará gravado, contribuindo para a segurança
dos passageiros e dos transeuntes”, disse.
Os primeiros corredores de
BRT que serão contemplados com a filmagem do trajeto são as Avenidas Cruz das
Armas e Epitácio Pessoa. As obras irão iniciar no segundo semestre deste ano.
“Esse sistema é necessário para a operação dos BRTs, para evitar que os ônibus
acabem andando em comboio nos corredores. Com o monitoramento, vamos acompanhar
e, em contato com os motoristas, controlaremos o espaçamento equilibrado entre
os veículos”.
Uma das empresas
interessadas em fechar parceria com a Semob é a Transdata Smart, de Campinas
(SP), que abriu nova filial em Recife este ano.  “Temos muito interesse de
expandir nossos serviços para João Pessoa, até porque já temos a parceria com a
bilhetagem eletrônica. Estamos aguardando o processo de licitação para
concorrer”, afirmou o gerente da empresa da filial Recife, Emerson Tavares. A
empresa detém a tecnologia de bilhetagem eletrônica de João Pessoa e Campina
Grande. No Nordeste, cerca de 3 mil ônibus, de 55 empresas, contam com essas
tecnologias, distribuídas em 20 municípios.


Acesso
ao sistema será livre e gratuito

O usuário
não terá que fazer download do aplicativo, pois a plataforma é acessada por um
site. Logo, o acesso é livre e gratuito. No caso da Transdata, a solução
ITS-Informativo foi desenvolvida em formato web, o que a torna uma
multiplataforma, ou seja, pode ser acessada por todos os dispositivos que
possuam um navegador/browser. Com isso, a solução será acessada por
computadores, notebooks, tablets e smartphones, independente do sistema
operacional, seja ele Android, IOS, Windows Phone, Firefox OS. Todas as
plataformas serão atendidas.
O sistema que já é adotado
em outras capitais, que também deve servir de molde para o projeto da Semob,
também pode ser acessado por pessoas com deficiência visual. Para isso, é
necessário portar um dispositivo smartphone com a funcionalidade
“acessibilidade”, que irá sintetizar o site em voz, ou seja, o deficiente
visual conseguirá navegar pelo site, podendo desfrutar dos benefícios da
informação ao usuário.

Passageiros
aprovam iniciativa
A demora na
espera do coletivo – queixa praticamente unânime entre os usuários de ônibus em
João Pessoa – pode estar com os dias contados. Isso é o que espera a Semob, com
o novo sistema de monitoramento nos ônibus. Questionados sobre a novidade,
muitos usuários se mostraram animados com a tecnologia que pode facilitar a
vida de quem precisa do ‘ônibus nosso de cada dia’ para ir ao trabalho,
faculdade e até mesmo para o lazer.
A recepcionista Islândia
Melo mora em Jaguaribe e conta que chega a esperar 40 minutos pelo ônibus da
linha 003, da empresa Marcos da Silva. “Quando estou muito apressada, vou
caminhando até o bairro Cruz das Armas para ter mais opções de ônibus”, contou.
Islândia ficou esperançosa
com a tecnologia de rastreamento dos coletivos e garantiu que vai utilizar
sempre. “Achei fantástica essa novidade. Todo o tempo que a gente passa
esperando um ônibus numa parada, poderia ser usado para resolver alguma outra
coisa. O mais bacana é que é acessível, porque hoje em dia todo mundo tem
internet no celular. Eu mesma estou ansiosa que chegue logo, porque vou
utilizar sempre”, disse.
A auxiliar de serviços
gerais Sandra Ferreira também comemorou a chegada da plataforma. Para fazer o
trajeto do bairro do Cristo, onde mora, até o Centro da cidade, onde trabalha,
ela utiliza ônibus diariamente. “Existe uma linha, o 208, que passa bem perto da
minha casa, mas nunca fico nessa parada porque tenho receio de demorar muito e
eu me atrasar. Por isso, eu vou caminhando até a principal do Cristo para poder
pegar mais opções de ônibus que vêm de outros bairros. Com essa tecnologia eu
vou poder me programar para pegar o 208, vai ser muito mais cômodo para mim”,
contou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.