Campina Grande deve renovar 27% da frota de ônibus

Fonte:
Jornal da Paraíba
Foto: JC Barboza


Pelo menos 27% da frota de ônibus coletivos de Campina Grande já tem mais de 5
anos e precisa ser substituída. O número equivale a cerca de 60 dos 220
veículos disponíveis para transporte público no município, segundo dados da
Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP).

Ontem
pela manhã, na sede da autarquia, localizada no bairro Estação Velha, foram
apresentados 10 modelos zero-quilômetro, que substituirão unidades antigas da
empresa Transnacional. De acordo com o prefeito Romero Rodrigues, a meta é
trocar mais 23 até o final do ano, sendo dez novos e 13 seminovos.
Conforme
a gerente de transportes da STTP, Araci Brasil, a idade média dos ônibus
antigos de Campina é de 8,5 anos. “A meta a longo prazo é a renovação completa
da frota. Muitos ônibus passam de nove anos, mas infelizmente há empresas
pequenas que não têm mais condições de trocar. Os empresários já estão até
locando o carro, alguns fizeram uma substituição, mas não para modelo zero.
Precisávamos aprovar o reajuste na tarifa para negociar com os empresários as
substituições”, afirmou.
Segundo
o diretor institucional do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros
de Campina Grande (Sitrans), Anchieta Bernardino, a Transnacional investiu R$ 4
milhões para adquirir os novos veículos. “A empresa Nacional substituiu cinco
em abril, por carros zero e nos próximos 30 dias deverá trocar mais cinco por
modelos novos e dez, por seminovos, somando um investimento de aproximadamente
R$ 7 milhões”, completou.
META E OUTRAS AÇÕES

O prefeito Romero Rodrigues destacou a meta da Prefeitura para este ano. “Com
estes dez novos ônibus estamos renovando 5% da frota. Existe o compromisso de
mais dez novos até o final do ano e mais 13 seminovos para fazer gradativamente
toda a renovação da frota, dois destes veículos possuem o elevador para
cadeirantes como também o uso do óleo S10, ambientalmente mais recomendável”,
frisou.
O
chefe do Executivo também lembrou outras ações que deverão ser efetivadas para
melhorar a mobilidade urbana em Campina. “Além de faixas exclusivas para
ônibus, o Terminal das Malvinas, com uma nova linha de trajeto será inaugurado
em outubro. Há ainda o projeto do novo terminal que beneficiará os bairros
Catingueira, Cidades, Jardim Verdejante e com a possibilidade de um ônibus
articulado, que vai diminuir o número de veículos circulando, mas que não
poderá circular em todas as vias e por isso demanda muitos estudos. Vamos agora
nos concentrar na efetivação da faixa exclusiva de ônibus na Avenida Floriano
Peixoto, para que aconteça quando da inauguração do terminal das Malvinas”,
disse.
PRINCIPAIS ROTAS CONTEMPLADAS

Transnacional


Linhas
Vermelha – 400/ 004/ 404/ 444
Cinza – 077
Azul – 101 e 111
Nacional

Linhas
Amarela: 020/202/222/022A/220B
Verde: 300/300A/303/333
Inter-área: 245 e 263

3 comentários em “Campina Grande deve renovar 27% da frota de ônibus”

  1. Rapaz essa informação sobre a Nacional não é verdadeira, sabemos que foi adquirido carros "semi-novos" que eram da transnacional (0005, 0039), da vitória (0018,0048) e fortaleza (0054), me falem cadê os zero 0km??? So se for outra Nacional…

  2. Acho que a ultima vez que Ela renovou com 0km foi em 2012 que foram 0014 e os carros comprados com parceria da Prefeitura municipal de campina grande o resto só seminovo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.