VLT começa a operar na grande João Pessoa segunda-feira, confirma CBTU

Fonte:
G1 Paraíba
Foto: Diego Nóbrega


O
Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) começa a operar de forma experimental na
grande João Pessoa na segunda-feira (2). A informação foi confirmada nesta
quinta-feira (29) pela CBTU. As viagens vão ser realizadas de segunda a
sexta-feira. Nos sábados, a circulação do veículo é interrompida e circulam
apenas os trens antigos. A princípio, o veículo vai circular fora dos horários
de pico porque, segundo o superintendente da CBTU na cidade, Wladme Macedo, ele
comporta menos passageiros. 

Na
primeira fase da operação, o VLT vai trafegar com a mesma velocidade dos atuais
trens e cumprir a grade horária atual. Só depois da chegada das outras
composições e a total adequação do sistema, incluindo a construção de dois
pontos de cruzamentos ferroviários, a CBTU vai estabelecer uma nova tabela de
horários.
 
O
VLT é um tipo de trem mais moderno, rápido e seguro e a entrega e funcionamento
dos veículos faz parte do projeto de modernização do sistema de trens urbanos
de João Pessoa. Cada composição do VLT tem três carros e capacidade para 600
pessoas. Os veículos irão operar na malha ferroviária atual de 30km ligando as
cidades de Santa Rita e Cabedelo, passando por Bayeux e João Pessoa.
Segundo
o gerente de Planejamento e Engenharia da CBTU, Claudio Piccoli, foram
investidos R$ 76 milhões na compra dos oito novos veículos. “Recebemos dois até
o momento e o próximo deve chegar em abril. Até o fim de 2016 receberemos os
restantes. Além disso, vão ser investidos R$ 180 milhões na reformulação da via
permanente e das estações. Acreditamos na construção de cinco novas estações e
na relocação de outras. Estamos já estudando a construção de uma em Cabedelo,
já que existe a possibilidade da construção de um novo shopping na cidade. A
escola técnica daquele município também deve ser beneficiada. Santa Rita deve
receber duas novas, além da troca de mais de 20km de trilhos”, comentou
Claudio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.