Os últimos ônibus de motorização traseira da Nacional

Assim como os novos veículos da mesma configuração, ambos possuem carroceria fabricada pela Marcopolo.
Image

Por Ônibus Paraibanos
Imagens
Diego Rhamon / Fábio Leandro / Paulo Rafael Viana

Com a chegada dos dois Paradiso 1200 com chassi O-500 Mercedes-Benz, ou seja, de motorização traseira, marca a retomada da presença de veículos dessa configuração na frota da Expresso Nacional de Luxo que opera linhas intermunicipais de capital para o sertão paraibano que superam os 300 km de percurso.

E quais foram os últimos veículos com motorização na frota da Nacional? Nós fizemos o levantamento e trouxemos para vocês.

Os veículos de prefixos 1020 e 1040 foram os últimos com motorização traseira a operar as linhas intermunicipais. Ambos com carroceria da Marcopolo, porém dos modelos Viaggio G6 1050 e Paradiso 1200 G6 respectivamente.

Confira cada um.

1020 – Marcopolo Viaggio G6 1050 Mercedes-Benz O-400 RSE ano 2002

1020 TOCO

1040 – Marcopolo Paradiso G6 1200 Scania K310 IB ano 2005/2006

  • 1040
  • 1040 1
  • 1040 2
  • 1040 3
  • 1040 4

Ambos não fazem mais parte da frota da empresa. O último registro do 1020 foi pela banda de forró Karkará. Já o 1040 pertence a empresa de turismo paraibana Alex Carioca Turismo e Eventos.

Algumas curiosidades sobre o 1040 é que ele já teve outro prefixo na Nacional: 1008. E o seu terceiro eixo é adaptado, prática que foi comum nas empresas campinenses na própria Nacional e Real.

  • 2012 81
  • DSC05200

O 1020 também passou por outros prefixos na Nacional; Ele também o 1007 e 1010.