Linhas de ônibus são alteradas durante obra para solucionar desmoronamento do asfalto de trecho da Avenida Dom Pedro II, em João Pessoa

Os serviços reúnem diversas secretarias e a previsão inicial é de que, em 10 dias, as obras sejam concluídas e a avenida liberada para o tráfego.

Por Ônibus Paraibanos com informações da Prefeitura Municipal de João Pessoa
Imagens
Rodrigo Gomes / Divulgação Prefeitura Municipal de João Pessoa

A Prefeitura de João Pessoa já iniciou a recuperação do trecho em que houve o rompimento da rede coletora de águas pluviais, que levou ao desmoronamento de parte do asfalto da Avenida Dom Pedro II, no sentido Centro/Bancários, que ocorreu no início da tarde desta sexta-feira (3). O incidente obrigou a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) a suspender o trânsito na via, nas proximidades do Jardim Botânico, pelos próximos dias. A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) começou os procedimentos para o conserto e deve concluir a obra num prazo de até dez dias.

Com isso, o itiinerários das linhas 301, 302, 303, 304 e 2300, devido à interdição do trecho na Av. Dom Pedro II, estão sendo desviadas pela Avenida Beira Rio. Para os embarques que normalmente são feitos em frente ao Ibama, no sentido Centro/bairro, os passageiros precisarão se dirigir aos abrigos na frente da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O prefeito Cícero Lucena esteve no local conferindo o andamento dos trabalhos na manhã deste sábado. “Em menos de 24 horas, conseguimos identificar o problema e já temos a solução. Agora é trabalhar com vontade de fazer, que aqui não falta. Graças a Deus, não teve vítimas e agora vamos correr para fazer da melhor forma possível e o mais rápido para liberar esse tráfego tão importante da nossa cidade”, afirmou.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Rubens Falcão, o incidente ocorreu pelo rompimento de uma galeria. Um veículo com dois ocupantes, que trafegava no momento do acidente, acabou sendo tragado pelo buraco – com dimensões de 8 m de profundidade, 2,5 m de largura e 5 m de extensão. “O que aconteceu foi um rompimento de uma caixa de transição na rede de galerias de águas pluviais. A caixa cedeu e tivemos esse rompimento. Graças a Deus não tivemos nenhuma vítima grave, foram apenas pequenas escoriações. Já estamos com toda a equipe mobilizada para recuperar, ou seja, fazer uma caixa nova para que possamos restabelecer a rede de drenagem e também o trânsito”, explicou.

Após a ocorrência, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de João Pessoa (Samu-JP) foi acionado e rapidamente chegou ao local. Quando a ambulância chegou com os socorristas, as vítimas já haviam sido retiradas do buraco por populares. Ambas foram atendidas. O motorista Bruno Pereira Batista, 43 anos, foi levado ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena para exames complementares. Já a adolescente de 14 anos, que era a passageira, não precisou ir para o hospital.

Vale ressaltar que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) se colocou à disposição das vítimas para eventuais tratamentos de saúde e/ou psicológicos em decorrência do incidente.

Trânsito – Para garantir a segurança dos condutores, a Semob-JP realizou a interdição total da via nas proximidades do Jardim Botânico, promovendo dois pontos de desvio, por ao menos três dias. Nesse período, a via passará por uma análise técnica para saber da possibilidade de retomada do tráfego em parte das faixas. As alternativas de rota, durante o bloqueio, serão a Avenida Beira Rio em direção à BR-230 pelas alças ou pelo Altiplano, acessando pela Avenida João Cirilo os bairros da Zona Sul.

Para evitar pontos de congestionamento, a Semob-JP também liberou o trânsito para todos os veículos nas faixas exclusivas de ônibus nos dois sentidos da Avenida Dom Pedro II enquanto o problema não for solucionado.

, , , ,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter