Mais 154 ônibus da Marcopolo são embarcados para a Costa do Marfim no Porto de Paranaguá

Apenas nos últimos seis anos a empresa já exportou cerca de 5 mil ônibus para mais de 20 países da África.

O Porto de Paranaguá voltou a fazer uma grande operação com ônibus nesta segunda-feira (13). O navio Maestro Universe carregou 154 veículos com destino para a África. Apesar de ser um embarque um pouco menor em relação ao último recorde, com três unidades a menos na comparação com 2020, a operação é um marco para o exportador que começa a atender um contrato que prevê a entrega de 472 veículos.

“Ficamos muito satisfeitos por sermos a opção de embarque desses grandes lotes de ônibus, que estão cada vez mais frequentes, desde o ano passado”, comenta o diretor de Operações da Portos do Paraná, Luiz Teixeira da Silva Junior.

A mão de obra envolvida na operação no porto paranaense, como destaca o diretor, é reconhecida pela capacitação e pelo baixíssimo índice de avaria. “Tanto os trabalhadores avulsos, quanto a equipe da operadora portuária têm mais de 15 anos de prática com esse tipo de embarque”, afirma Teixeira.

Nesse carregamento, os ônibus acessam os vários pisos do porão do navio em pleno funcionamento. Quem guia os veículos do cais até o navio são os estivadores que sobem pela rampa da embarcação (tipo ro-ro). No interior, a carga é ajeitada com distâncias fixas e definidas entre as unidades.

A fabricante e exportadora dos ônibus é a Marcopolo. A operadora da carga no Porto de Paranaguá foi a Marcon. O armador do navio Maestro Universe, na operação desta segunda (13), foi a empresa Wasa.

EXPORTAÇÃO – Segundo a fabricante gaúcha, os 472 ônibus serão embarcados em lotes mensais até julho de 2022, foram adquiridos pela Scania West Africa e serão fornecidos para a Société des Transports Abidjanais (SOTRA) para utilização no sistema de transporte de Abidjan, na Costa do Marfim.

“Este negócio demonstra todo o empenho da Marcopolo em desenvolver novos negócios e mercados e reforça a nossa expressiva e crescente presença no continente africano”, afirma Ângelo Luís Corsetti Oselame, coordenador Comercial de Mercado Externo para a região do Oriente Médio e África da Marcopolo. 

De acordo com o executivo, apenas nos últimos seis anos a empresa já exportou cerca de 5 mil ônibus para mais de 20 países da África.

Segundo a empresa, são 402 veículos do modelo Viale BRS, de 13 metros de comprimento e capacidade para 29 passageiros sentados, equipados com duas portas, tomadas USB nos assentos e itinerários eletrônicos; 50 unidades do modelo Viale BRS Articulado, de 18 metros, com três portas, 48 assentos com tomadas USB e itinerários eletrônicos; e 20 micro-ônibus Volare Fly 10 Urbano, com nove metros de comprimento, 29 assentos e sistema de ar-condicionado, complementando o portfólio de produtos da Marcopolo no projeto.

Das 154 unidades embarcadas nesta segunda, 109 integram o contrato de Abdjan. As demais vão para outros clientes. É o primeiro navio fretado exclusivamente pela montadora nos últimos anos.

Fonte: Portos do Paraná
Imagens: Claúdio Neves

, , , ,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter