Cade fará reunião extraordinária em janeiro para análise da compra da ClickBus

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) fará uma reunião extraordinária do tribunal administrativo em janeiro. Os conselheiros analisarão a compra da Clickbus pela Bus Serviços, empresas do setor de venda de passagens de ônibus.

A prática é incomum, mas será necessária por uma questão de prazo processual: a operação da Clickbus precisa ser julgada antes da primeira sessão ordinária de 2022, agendada para 9 de fevereiro.

A lei define que qualquer operação entre empresas precisa ser aprovada até 330 dias após ser notificada ao Cade. Caso a autoridade antitruste não se posicione nesse prazo, o negócio é aprovado tacitamente. O caso é relatado pelo conselheiro Sergio Ravagnani.

Fonte: Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.