Com interdição da BR-040, Util informa que linhas sofrerão alterações no tempo de viagem

Nos últimos dias, o transbordamento de um dique na barragem Mina Pau Branco da empresa Vallourec provocou transtornos e causou a interdição da BR-040, rodovia que liga a capital mineira ao Rio de Janeiro. Carros foram atingidos pela água e, de acordo com o Corpo de Bombeiros, pelo menos uma pessoa precisou ser socorrida neste sábado e levada ao hospital com ferimentos leves.

A BR-040, na altura dos km 562 e 563, em Nova Lima, na Grande BH, ficará interditada por tempo indeterminado, informa a concessionária Via 040. A rodovia está fechada desde a manhã deste sábado (8), quando a lama que transbordou da Barragem Mina Pau Branco invadiu a pista.

Segundo a notificação da Agência Nacional de Mineração (ANM) à concessionária, a liberação da via só acontecerá quando a Vallourec apresentar a “declaração da estabilidade” da Mina, com restabelecimento das “condições técnicas de segurança” para tráfego na rodovia “devidamente comprovado junto” aos órgãos competentes.

A rodovia está fechada em ambos os sentidos e a recomendação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é que as pessoas evitem, ao máximo, viajar.

Além dessa interdição, outros trechos da rodovia estão interditados, segundo a Via 040 que administra a BR-040. (última atualização ás 16:36) Veja:

🟡 Km 572, Itabirito, deslizamento de encosta, interdição da faixa direita sentido RJ, fluxo pela faixa esquerda.

🟡 Km 726, Barbacena, deslizamento de encosta, interdição da faixa direita sentido RJ, fluxo pela faixa esquerda.

Devido as interdições, a Util emitiu um comunicado que as linhas Rio de Janeiro X Belo Horizonte e Rio de Janeiro X Brasília operadas pela empresa e que tem a BR-040 como uma das vias que fazem parte dos seus itinerários estão sendo operadas normalmente, porém com alterações no tempo de viagem.

A Util ressalta que ao embarcar, o cliente deve consultar o agente de atendimente da empresa no terminal de embarque.

Fonte: G1 e Util

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.