Sem acordo, funcionários da Itapemirim no Ceará seguem em greve

No interior, os trabalhadores também aderiram ao movimento grevista e seguem mobilizados.
IMG 6382 scaled

Não houve avanço nas negociações no segundo dia de greve dos funcionários da Viação Itapemirim. Os funcionários da empresa estão em greve desde terça.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transporte Rodoviário de Passageiros Intermunicipal e Interestadual do Estado do Ceará (Sinteti), Carlos Jeferson, os trabalhadores estão com salários atrasados, inclusive em acordos de parcelamento de salários atrasados, além de demora no pagamento de vale alimentação e cesta básica.

“Estamos em greve com a Viação Itapemirim, conforme comunicado à empresa. A partir de ontem 7h iniciamos a greve após as 72h e, até agora, a empresa não tem proposta. Estamos aqui pedindo o auxílio, a intervenção do Ministério Público. A empresa não quer negociar junto à Justiça do Trabalho e ao MP. Nós temos mais de uma dúzia de acordos que ela não cumpriu”, diz.

A viação informou, em nota, que fez um acordo com motoristas na semana passada e “honrou o compromisso com seus colaboradores” quanto ao pagamento de janeiro de 2022. A Itapemirim disse ainda que as negociações estão em andamento quanto a outras reivindicações.

Fonte: G1

, ,
0compartilhamentos

Assine nossa newsletter

banner quadrado blog josivandro avelar