ANTT realiza inspeção técnica na empresa Gontijo

Equipe foi a campo verificar a estrutura, manutenção e operação
06c5c223 9156 494d 8a90 26bc78baf3d0

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizou, nesta quinta-feira (17/3), inspeção técnica na empresa de ônibus Gontijo, que atua em 18 estados e no Distrito Federal no mercado de transporte rodoviário interestadual. A empresa tem frota de 980 veículos e possui 178 linhas interestaduais.

O diretor da ANTT Guilherme Theo Sampaio e comitiva da Superintendência de Serviços de Transporte Rodoviário de Passageiros (Supas/ANTT) e da Superintendência de Fiscalização de Serviços de Transporte Rodoviário de Cargas e Passageiros (Sufis/ANTT) visitaram as instalações da garagem localizada em Belo Horizonte (MG) e inspecionaram os ônibus disponibilizados para os usuários. A Gontijo transportou 3.320.000 passageiros em 2021.

Outro ponto avaliado pela equipe da ANTT foi a concessão das gratuidades previstas em lei: idoso, ID Jovem e Passe Livre. No último ano, foram concedidos mais de 180 mil benefícios tarifários para idosos no país, com gratuidade de 100% ou 50%. Para saber mais acerca desses direitos, clique aqui: https://portal.antt.gov.br/beneficios-tarifarios 

Rotograma foi uma das tecnologias apresentadas, que também reverte em benefícios para os passageiros, na medida em que garante a segurança do trajeto. Trata-se de monitoramento falado do desempenho operacional dos motoristas, como identificação facial, controle de velocidade, comandos de direção, avisos de curva em aceleração lateral, entre outros aspectos.

A agenda de inspeções in loco faz parte da gestão da nova Diretoria Colegiada desde o início, em julho de 2021, com o intuito de verificar de perto a realidade do setor regulado, como estrutura, manutenção, operação e itens de segurança.

“A Agência tem atuado na construção de um normativo com o objetivo de abertura de mercado, incentivo à concorrência, sempre visando a sustentabilidade do sistema e, principalmente, com foco em melhores condições ao usuário. As áreas técnicas têm realizado estudos robustos, com ampla participação social”, declarou Sampaio.

Fonte: ANTT

,
0compartilhamentos

Assine nossa newsletter