Presidente da Fetronor destaca importância do Despoluir, que completa 15 anos

A FETRONOR é responsável pelas ações do programa Despoluir, em parceria com o SEST SENAT, nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

O presidente da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste – FETRONOR, Eudo Laranjeiras, destacou a importância do maior programa ambiental da iniciativa privada do setor no Brasil, o Despoluir. A iniciativa criada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) está completando 15 anos. A FETRONOR é responsável pelas ações do programa, em parceria com o SEST SENAT, nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

“Hoje a gente enxerga o quanto o Despoluir tem contribuído para o desenvolvimento sustentável do Setor de Transporte, não só aqui na região nordeste, mas no país inteiro, e o quanto tem envolvido o transportador, sejam empresas ou transportadores autônomos, na promoção da qualidade de vida da sociedade como um todo. Isso é muito importante”, afirma Eudo.

O Programa Ambiental do Transporte já efetuou mais de 3,6 milhões de avaliações veiculares ambientais. Trata-se da ação de maior destaque do Despoluir, cujo foco é a melhoria da qualidade do ar, especialmente nos grandes centros urbanos. A iniciativa existe desde o primeiro ano do Programa, 2007. O serviço é gratuito para o transportador.

Atualmente, cerca de 89% da frota nacional atendida se mantém dentro do padrão legal de emissão de poluentes, significando melhor qualidade do ar e menos custos com combustível e manutenção para as empresas e caminhoneiros autônomos participantes.

“Nós sabemos o quanto é significativo que as empresas operem realizando o menor impacto ambiental possível. E o Despoluir tem mostrado esse resultado. Além disso, um outro dado muito importante, está relacionado à questão do consumo de combustível, pois há uma mudança no modo de condução dos veículos, garantindo resultados satisfatórios”, explica Eudo.

Em 2019, o Despoluir foi reconhecido pelas Nações Unidas por promover a redução de poluentes e favorecer a qualidade de vida dos trabalhadores do transporte e de toda a sociedade.

Imagem: Augusto Ratis

0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter