Prefeitura de Campina Grande entrega 10 ônibus novos para o sistema de transporte público do Município

Total do investimento privado, no sistema, é da ordem de R$ 6,5 milhões.
Image

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha, acompanhado do superintendente de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), Vitor Ribeiro, fizeram na manhã desta segunda-feira, 6, a entrega simbólica 10 ônibus para o sistema de transporte coletivo do Município. O investimento privado é da ordem de R$ 6,5 milhões.

IMG 20231106 WA0026

Com a chegada dos novos ônibus, a frota municipal alcança 30% de renovação. Esta é a terceira entrega realizada somente este ano. Outros 20 veículos já entraram em operação em maio e mais 10 em junho. No total, já são 40 novos ônibus neste ano, entre novos e seminovos. Os veículos atendem cerca de 75 mil passageiros por dia.

De acordo com a STTP, os 10 novos veículos são do Consórcio Santa Maria e as linhas beneficiadas são as seguintes: 303, 333, 245, 020, 263, 066, 660, e 300 B (03 ônibus).

IMG 20231106 WA0027

Os novos ônibus são do modelo Euro6, veículos que poluem até 30% menos do que os modelos convencionais, segundo o representante do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sitrans), Alberto Nascimento.

Passe livre

Ao avaliar os dados da implantação do benefício da gratuidade no transporte coletivo neste domingo, 5, durante as provas do Enem, Bruno Cunha Lima falou que a ação foi um sucesso. Ele destacou, que ocorreu um acréscimo na demanda de passageiros superior a 60%, quase dobrando o quantitativo de pessoas circulando, através da medida do “Passe Livre”.

IMG 20231106 WA0030

“Diferente de outras cidades, Campina Grande estendeu o benefício para todas as pessoas, e não só para os alunos. Em todas as linhas, atendendo a população inteira na zona urbana e nos distritos, o dia todo. Estamos estudando tomar outras medidas que vão ser importantes para a população e para o comércio local. E estaremos anunciando em breve”, disse ainda o prefeito Bruno.

Para o superintendente Vitor Ribeiro, o incremento dos novos ônibus é um investimento de mão dupla. “O investimento empresarial está condicionado ao aporte do subsídio para equilibrar o sistema, quando há redução de demanda de passageiros. E quem ganha é a cidade, é a população”, declarou o gestor da STTP.

Fonte: Codecom

, , , , , , , ,

Receba os posts do site em seu e-mail!

Quando uma matéria for publicada, você fica sabendo na hora.