Projeto reconhece compromisso de profissionais que contribuem com a melhoria de indicadores e serviços em empresas de transporte

Os profissionais que mais se destacam dentro dos objetivos do Projeto são reconhecidos e premiados a cada semestre.

Por News Comunicação
Imagens
Paulo Rafael Viana / Divulgação

Contribuir com a preservação do meio ambiente, ter capacitação contínua, evoluir profissionalmente, ajudar no aumento da segurança e conforto dos passageiros de ônibus e promover uma economia de combustível. Esses são os pilares do projeto multissetorial do Grupo A. Cândido ‘Operador Sustentável’, que é desenvolvido em empresas de transporte público urbano e metropolitano na Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. E os profissionais que mais se destacam dentro dos objetivos do Projeto são reconhecidos e premiados a cada semestre. Na semana passada, os 20 operadores que mais se destacaram nas empresas de ônibus Unitrans e os 10 profissionais que apresentaram melhores resultados pela Santa Maria foram homenageados pelas empresas.

O Projeto surgiu na empresa Santa Maria Transportes e fretamento LTDA, em 2013, com outro nome. A partir de 2019, o projeto se expandiu para todas as empresas de transporte público urbano e metropolitano do Grupo A. Cândido na Paraíba e no Rio Grande do Norte. Este ano, o projeto foi implantado nas garagens da Transnacional Locações na Paraíba – João Pessoa e em Pernambuco – Jaboatão e Goiana. As empresas de Natal e Fortaleza serão contempladas, em breve.

O Analista de Planejamento e Coordenador do Projeto, Lucas de Souza, explica que o ‘Operador Sustentável’ é devolvido através de treinamentos e capacitações da operação, manutenção e administrativo, na busca de melhorias de processos internos e externos, especialmente, buscando o aperfeiçoamento da condução inteligente dos motoristas. “O projeto busca a melhoria dos indicadores e serviços e conta com o envolvimento e todos os setores da empresa, a exemplo da operação, manutenção, tráfego, gerência, Rh, estatística, digitação, CCO, diretoria, instrutores, entre outros”, explica Lucas.

Segundo ele, os operadores são acompanhados quinzenalmente pela equipe interna com relação aos resultados e acompanhados por instrutores capacitados. O resultado mensurável dos operadores vem do abastecimento diário feito nas garagens. “Os operadores que atingem o objetivo no mês são reconhecidos por meio de cartão de reconhecimento. E existe uma premiação diferenciada a cada semestre para os TOPS 10 de cada empresa nesse período”, destaca Lucas. Ele lembra que ao reduzir o consumo de combustível, a empresa também reduz a emissão de poluentes e ao ter uma melhor dirigibilidade, o motorista aumenta a segurança e conforto dos passageiros.

“Esse é um projeto que não impacta apenas no âmbito da empresa, mas atinge também o nosso público e o meio ambiente, pois ao evitar freadas e arrancadas bruscas, curvas acentuadas, o operador torna a viagem mais tranquila e agradável. Ao reduzir o consumo de óleo diesel e de pneus, reduzimos também as emissões e descartes no meio ambiente”, reforça a diretora da Unitrans, Lorena Dantas.

, ,
0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter