Princesa dos Campos amplia oferta de viagens em 35%

Empresa pretende ofertar, somente neste mês de dezembro, 190 mil poltronas aos clientes, em 4,2 mil viagens

O mês de dezembro trouxe um aumento considerável no fluxo de passageiros no transporte intermunicipal para a Expresso Princesa dos Campos. Embora ainda faltem alguns dias para fechar o mês, a empresa ponta-grossense tem observado uma alta na casa de 35% na oferta do transporte rodoviário neste mês, na comparação com a média dos meses anteriores. Se a média entre julho e novembro era de 140 mil poltronas ofertadas em 3,1 mil viagens mensais, o mês de dezembro deverá encerrar com 190 mil poltronas ofertadas, em 4,2 mil viagens. 

“A confirmação virá com a virada do ano, mas estamos esperando essa grande movimentação e tudo está caminhando para fechar em torno de 35% mesmo, em relação às médias anteriores do segundo semestre, que foi quando começou a dar um novo patamar”, disse Gilson Barreto, CEO do Expresso Princesa dos Campos. O ‘novo patamar’ dito por ele se refere ao crescimento do transporte coletivo intermunicipal, com a aceleração da vacinação da população – entre abril de 2020 e junho de 2021 foi um período atípico, sem base comparativa. 

Questionado sobre os motivos pelos quais ocorre essa grande procura por parte da população, o CEO da empresa aponta dois pontos específicos, de diferentes setores. “O que temos visto é o turismo local em alta e também o aumento do combustível – as pessoas começam a fazer as contas e optam por viajar pelo transporte rodoviário de ônibus”. Quanto aos destinos, os mais procurados neste fim de ano são três: São Paulo, Curitiba e Foz do Iguaçu. 

Para fazer frente à essa demanda, Barreto informou que contratações precisaram ser feitas, e que postos de trabalho ainda estão sendo preenchidos, afinal, janeiro também possui uma demanda sazonal. Contudo, apesar dessa alta observada até o momento, o CEO afirma que ainda não é possível comparar os números com os mesmos meses de 2019, no cenário pré-pandemia. “Esperamos poder falar ‘em relação a 2019’ agora em 2022, com a volta das aulas presenciais, e o retorno presencial dos trabalhadores, pois ainda há muitas empresas em home office”, revelou ele, que confirma a preocupação com a variante Ômicron do coronavírus “Depois de vivermos todo esse período da pandemia, sempre traz preocupação. Mas estamos acompanhando notícias e decretos”, finalizou.

Passageiros devem ficar alerta com transporte clandestino

Diante de acidentes de ônibus observados nas últimas semanas em estados brasileiros, para uma viagem segura, o CEO da Princesa dos Campos faz um alerta à população: para que procurem empresas sérias, idôneas, que sigam a legislação vigente e tenham preocupação para com os clientes. “O ideal é procurar empresas registradas nos órgãos reguladores, no caso do Paraná, o DER. Empresas sérias, que estão em dia com a manutenção dos veículos, com colaboradores treinados, para não colocar em risco a vida de quem ama. Quando se verifica acidentes, geralmente é de empresa operando de maneira clandestina, o que prejudica a imagem do setor”, alertou.

Fonte: Assessoria de Imprensa

0compartilhamentos

Inscreva-se na nossa newsletter