Transnacional assume operação de oito linhas em Campina Grande, PB, após Empresa Cabral deixar de operá-las

Empresa existia há quase 60 anos.
Image

A Empresa Cabral, conhecida como Viação Santa Rosa, deixou de operar oito linhas do sistema de transporte público de Campina Grande, PB. Desde o último sábado, essas linhas passaram a ser operadas pela Transnacional, empresa do Grupo A.Cândido, que faz parte do Consórcio Santa Maria. Para assumir as novas rotas, a Transnacional apresentou 30 novos ônibus em sua frota, inclusive articulados.

As linhas anteriormente operadas pela Cabral, que enfrenta uma recuperação judicial há cerca de dois anos, incluem a 500, 505, 555, 077, 092, 922, 902 e 903-B. Agora, a única linha mantida pela empresa é a 910 – Jenipapo.

A Cabral vem enfrentando dificuldades financeiras há algum tempo. A última vez que a empresa adquiriu novos ônibus para sua frota foi em 2018.

A história da Empresa Cabral remonta a 1965, quando José Cabral da Silva e Hamilton de Sousa Cavalcante fundaram a empresa em Campina Grande. Ao longo dos anos, a empresa cresceu e se tornou uma parte essencial do sistema de transporte público da cidade. No entanto, recentemente, a Cabral passou por desafios financeiros, levando à sua retirada de oito linhas do transporte público campinense.

image

Com a chegada dos novos ônibus da Transnacional, os passageiros podem esperar uma experiência de viagem melhorada e mais eficiente nas rotas agora operadas pela empresa.

Imagens/vídeo: Valério Junior

Receba as notícias em seu celular, clique aqui para acessar o canal do ÔNIBUS & TRANSPORTE no WhatsApp.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Quando uma matéria for publicada, você fica sabendo na hora.